A Ciência de Felicidade

Por: Mário Freitas

354205
A vida tem felicidades e infelicidades. As organizações e sociedades passam por fases boas e más. As nações enfrentam constantes mudanças, altos e baixos, períodos felizes e infelizes. De certo modo, são essas as batalhas da vida. As decisões cruciais que tomamos e as ações que empreendemos nos momentos decisivos têm desfechos que determinam nossa felicidade ou infelicidade, como indivíduos ou organizações.
 
Vencer e perder constitui uma grande parte da espiritualidade. Para a maioria das pessoas, os momentos realmente decisivos na vida são apenas uns poucos, mas todo dia é uma batalha. A vida é uma sequência contínua de batalhas, uma coleção de vitórias e derrotas cotidianas. Você passou o dia de hoje de uma maneira significativa? Será que pode considerar como sucessos ou como fracassos as decisões que tomou, a filosofia pela qual se orientou, a maneira de pensar que adotou? 
 
O processo de ganhar ou perder constitui, na realidade, um caminho para a felicidade. Nossa meta deve ser vencer sempre, como indivíduos e como organizações. Mesmo que não seja possível vencer, podemos descobrir maneiras de lutar que nos ajudem a evitar uma derrota. Podemos encarar cada problema como parte da batalha. “O que fazer para vencer esta batalha da vida? Quais decisões e ações me levariam à vitória e me tornariam vencedor?” Ao pensarmos assim, surpreendentemente, seremos capazes de pensar de modo racional e frio. Encarar um problema nos permite buscar maneiras racionais de obter os melhores resultados com o menor dano possível.
 
Estas reflexões fazem parte do livro As Leis da Invencibilidade, de Ryuho Okawa. Seus mais de 2.200 livros publicados, traduzidos para 28 idiomas, já venderam mais de 100 milhões de exemplares no mundo todo. 
 
Não se trata de mais um livro teórico, mas sim um guia para sobreviver e vencer em tempos de recessão econômica. Baseado em palestras proferidas por Ryuho Okawa, com comentários sobre a situação econômica do Japão, o livro parece escrito sob medida para os brasileiros que hoje sofrem com a recessão – do trabalhador desempregado aos empresários, passando por administradores e executivos, sem ignorar os governantes. A obra está dividida em cinco grandes capítulos. No primeiro, “os princípios do sucesso”, o autor apresenta suas sete regras de ouro para uma pessoa ser bem-sucedida na vida. O segundo, “como ser vitorioso nos confrontos”, surpreende pela análise sobre vitórias e derrotas – e como isso ajuda a construir a própria felicidade, a inovar as empresas e a vencer a concorrência. O capítulo três, “como desenvolver uma mente estratégica e gerencial”, é totalmente voltado para o mundo dos negócios. Apresenta cinco pontos fundamentais para o desenvolvimento e a prosperidade de uma organização. O quarto capítulo, “como superar uma recessão”, é uma aula prática de como agir e enfrentar tempos de crise e recessão econômica. No último capítulo, “o modo ideal de ser”, o autor fala das armadilhas do otimismo, dos requisitos de uma boa administração e da importância de usar o poder da sabedoria. Acesse www.okawalivros.com.br e saiba mais. 

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras