Questão de pele

Por: Sônia Machiavelli

373280
Talvez por pressa ou ingenuidade,
quem sabe também por indecisão
dos passos que cumprem certos trajetos
que devo trilhar entre o sim e o não. 
 
Por várias razões, algumas ocultas 
na  desnecessidade de racionalizar,
tropeço, machuco, quase desmaio
e de novo encaro outro esbarrão
 
No mapa da pele um  sinal aparece
e  me leva a fazer uma inflexão
enquanto o roxo  esmaece e vira 
o verde esquisito da reabsorção
 
Depois que o sangue volta ao seu leito
e se liquefaz na veia que é rio
 o sistema parece   inalterado
na sua função de manter o que é vivo.
 
 
 
Até que ocorra um novo acidente
do qual  vou sair  com mais pisaduras
- palavra antiga e tão oportuna
para esses golpes que marcam a gente
 
Porque os impactos da  contusão
mesmo que não levem a rupturas 
costumam causar  uma dor bem aguda 
na carne  tão frágil e no coração.
.......
 
(Ah! Como eu queria ter a pele grossa!)

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras