Mirante

Por: Ligia Freitas

380489

A vida é a esperança que balança.
Leva e traz retalhos de criança
Que correm pelas veias a rir ou a chorar

A vida tem traços imperfeitos,
Que não merecerem ser desfeitos,
Que não hão de se explicar.

A vida tem pedra no caminho,
Mata fechada, roda moinho,
Céu estrelado e noite sem luar.

A vida tem curva vertiginosa,
Morro cheio de estórias,
Só para quem consegue subir sem titubear.

A vida é bela, se vista lá do alto,
Longe do asfalto.
Onde se encontra a imensidão do além mar.

A vida é colorida se vista de cima,
É samba, funk, tango da Argentina.
É ritmo profundo, é só para quem consegue requebrar.

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras