O futebol e eu

Por: Maria Rita Liporoni Toledo

382744

Minha primeira lembrança de Copa Mundial de Futebol foi em 1958, quando o Brasil foi campeão na Suécia e Pelé assombrou o mundo com um desempenho excepcional para um garoto de dezessete anos. Acompanhamos através de um rádio enorme, cuja caixa de madeira tinha mais de um metro de altura e, entre chiados e interrupções, ouvíamos a narração empolgada dos lances e inúmeros gols marcados. Foi uma vitória consagradora de cinco a dois para o Brasil contra a equipe que estava sediando o torneio. Meu pai, torcedor da Seleção, do Palmeiras e da Francana, que me ensinou o culto a estes times, preparou uma dúzia de rojões para soltar, bem na calçada de uma casa de esquina onde morávamos. Naquela época, a cidade era pequena, com muitos terrenos vagos e as crianças, como eu, escondiam-se sob a barra das saias das mães, com medo do barulho do estrondo. E, assim, fui aprendendo a gostar de futebol, criado na Inglaterra e cuja terminologia foi sendo adaptada para o Português; mas meu pai dizia center four [center forward] para o atacante, sempre o mais querido, offside para impedimento, score para placar, back para zagueiro, corner para escanteio goalkeeper para goleiro e penalty para penalidade máxima que fortíssimas emoções traz para quem ganha ou perde, principalmente numa disputa pela taça do mundo. Sinto, apenas, os rumos tomados pelas organizações que cuidam dos times. Muita corrupção e exagero comercial, na valorização absurda dos passes dos jogadores, sendo a mídia dominada pelo marketing de empresas poderosas. No entanto, o talento individual nos proporciona alegrias e descontração. Em todas as copas me deliciei com as incríveis jogadas e surpresas que o futebol oferece, inclusive esta última quando acompanhei, também, as fotos, os comentários e memes pela internet.

Como encontrei tempo para assistir a todos os jogos desta copa de 2018? Da primeira, em 1958, até hoje, já estudei e trabalhei bastante. Agora, tenho minhas prioridades, meu bem estar físico e mental.

Esperando Catar 2022 !!!

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras