A energia paterna

Por: Zelita Verzola

383211
Tão necessária quanto a materna para a concepção - e criação – do filho. Nem sempre presente neste segundo aspecto. Nem sempre sabendo como se manifestar ou  se portar neste mesmo  segundo aspecto. Muitas vezes se voltando, ferozmente, contra a vida de outras crias de todos os reinos da natureza,  para defender a sua. Grande parte da crise do mundo moderno talvez esteja aí. Na comemoração de mais um “dia dos pais”, que a verdadeira energia paterna possa emergir um pouco mais. Mais cuidado com todos. Mais ética. Mais amor universal. Mais da tão desejada felicidade!
                                                                                                                                                                           

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras