Sou esta mulher

Por: Angela Gasparetto

388516

Sou esta mulher, às vezes serena, por vezes insana, sempre inconstante.Tenho a alma doce, pontilhada de arestas e inundada de instantes.Sou esta mulher, às vezes lúdica, nunca cordata, sempre mutante...

Sou esta mulher de passos fluidos, alguns hesitantes.Levo algoz próprio, sempre coabitante.Sigo permeada de sinfonias, algumas mudas, outras distantes.

Sou esta mulher que segura o passado como joia flamejante.Que os dias correm ao largo, emersos, concomitantes.Sou esta mulher que luta contra o destino e vive à solta, simulando versos, cantantes.

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras