Brumas

Por: Maria Luiza Salomão

393799
No nevoeiro move-se lentamente
Sofre-se devagar, largamente.
 
Muita luz cega o corte das palavras.
As palavras fio-navalha, necessárias.
 
A navalha dói: corta nuvens ilusórias.
A ilusão  dissolve-se, infinita...
 
O infinito, além do que posso supor:
Sinto  – brumadinha - muita dor. 

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras