Meu povo negro desunido

Por: Carlos de Assumpção

395206

Eu posso dizer e digo/ Povo negro desunido/ Encolhido num canto do País /Vamos descruzar os braços/ Vamos nos espelhar nas lutas dos nossos avós/ Vamos levantar quilombos/ Relembrar nossos heróis/ Povo que não luta mais/ Vamos lutar novamente/ Vamos todos juntos/ Ombro a ombro/ Levantar quilombos/ Honrar o passado /Como legítimos herdeiros/Dos feitos dos ancestrais/Meu povo negro desunido/ Encolhido num canto do País/ Povo que não luta mais.

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras