Eram os Cabelos da Farrah

Por: Angela Gasparetto

399324

Eram os cabelos da Farrah Fawcett que sempre quis. Para quem não conhece, Farrah Fawcett foi uma atriz americana que fez o seriado “As Panteras” na década de 70. Aos 14 anos, voltava à noite do colegial e vinha correndo para ver as “Panteras” na quarta-feira. Mas queria mesmo era ver os cabelos da Farrah. Eram os de uma pantera mesmo. Loiros, com mechas claras e com alguns tons mais escuros, cortados em camadas, soltos como o de uma fera.

E seu sorriso era doce e meigo, mesmo ela pulando muros e lutando contra os bandidos. Depois de imobilizá-los, ela olhava para o lado, mexia os cabelos e sorria como quem não fez nada de novo. Ah, eu sonhava com aqueles cabelos! Durante anos tentei explicar aos meus diversos cabeleireiros, qual era o tipo que queria; só não dizia que eram iguais aos de Farrah, não sei o por quê. Timidez, imagina, eu não tinha o tipo de cabelo dela... Só tinha um desejo incontido de adolescente sonhadora e uma pretensão sem tamanho.

Um dia saí do cabelereiro com uma imitação de Farrah, onde os cabelos nem se moviam e para não desmanchar a obra, caminhei estática feita uma múmia e entrei no ônibus para casa me sentindo uma “super mega star”, como se diz hoje em dia. Só fui perceber o desastre quando me olhei no espelho e vi que estava mais para uma galinha desgrenhada do que para uma pantera demolidora das telas... Fora o dia em que sentei para sair como ela, e saí sim com o então famoso estilo “pigmaleão”, meio “skinny”, o então corte “mullet”, quase um Chitãozinho & Xororó às avessas...

Teve também a vez que de tanto pedir ao cabelereiro que imitasse aquele corte de camadas, e sem explicar bem o que seria, saí com o corte no estilo “Joazinho” e só não chorei na volta para a casa porque decidi naquele dia definitivamente aceitar os meus cachos naturais. E, creia, isso economizou muita decepção, dinheiro e colocou minha pretensão no bolso, o que é salutar em qualquer época da vida. Isso na adolescência, então, faz milagres.

Enfim, depois de inúmeros erros, alguns acertos, etc. e tal, ainda não tenho os cabelos da Farrah, mas consegui ao menos uma cor parecida aos dela. No entanto, ainda guardo no meu íntimo o ideal de cabelo bonito, e, desculpem-me as mais jovens, não são os da Gisele Bündchen, mas sim os da Farrah, que além de linda e loira, foi também uma guerreira tanto nas telas como na vida.*

* (Farrah Fawcett faleceu em 25 de junho de 2009 em decorrência de um câncer)
 

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras