Literatura

Por: Zelita Verzola

402692

Em uma definição genérica a literatura é a arte da palavra. E como arte tem, obviamente, múltiplas funções. Gosto de uma que não consta explicitamente nos manuais teóricos, mas que seria a de ajudar o leitor ir definindo sua identidade.

Na esteira deste pensamento, o historiador Fred Coelho, no programa Café Filosófico, da TV Cultura ( 27/8/19 ), fala da identidade nacional através da literatura. É que bons escritores marcam, em sua obra, a temporalidade vivida individual e socialmente.

Não é pois, por acaso, que pesquisadores de todos os tempos buscam na literatura a compreensão para incontáveis questões.

Só a título de elucidação: quer entender um pouco da sociedade pré-abolicionista e pré-republicana? Leia Machado de Assis. Também pode lê-lo para compreender melhor o ser humano. O de ontem, o de hoje e a sua própria humanidade.

E então voltamos ao início deste texto, à função da literatura. Tão complexa como os indivíduos e as sociedades que arquitetam. E a sua transcendência. Por isso a essencialidade dessa arte.
 

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras