Antídoto

Por: Zelita Verzola

404032

Coisa ruim é o medo. E parece que ele anda solto ultimamente. Nas casas, nas ruas, nos campos e cidades, países e planeta. Diz a sabedoria que um bom antídoto é a autorreflexão. Não engolir avalanches de notícias, prestar atenção ao que se está fazendo a cada momento e com a própria vida. Perceber-se como um todo maior que o próprio umbigo. Uma técnica japonesa chamada Naikan propõe começar com uma contabilização a respeito das relações, através de três perguntas: o que recebi das pessoas em minha vida; o que dei a elas em retorno; que tipo de problema ou dificuldade criei para elas? Uma melhor percepção de si leva a uma maior percepção do outro e, consequentemente, a uma nova visão de mundo. Com menos medo. E mais fraternidade. 

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras