Por: Zelita Verzola

406212

Seu Tito é roceiro. Daqueles que viveram na roça e mesmo não morando mais lá continuam lá. Lá estão seus aprendizados. Especialmente o que ele chama de a grande questão: somos o que vamos nos tornando. Os embates - dentro e fora de nós – surgem quando pouco sabemos de nós e não queremos saber, diz ele. E continua. Porque sondar a si mesmo demanda esforço e coragem. Perigoso. Melhor fingir que sabe. E colocar as responsabilidades nos outros. Principalmente naqueles que não compreendemos ou não aceitamos. Pensamentos de matuto que lá sabe matutar...

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras