Eu, professora

Por: Andréia Xavier

406473
In “Professoras em versos”-  Coletânea de poemas de alfabetizadores de Jovens e Adultos
 
Eu, menina, leitora em caminhos da vida.
Eu, mocinha, órfã de mãe,
Completamente perdida,
No curso de magistério me vi
Crescendo entre amigas,
E no oficio de mestre me converti.
 
Não que eu houvesse  com isso sonhado,
Queria influenciar pessoas,
Para mim, jornalismo era o desejado.
Por isso, usei o termo conversão,
Como Paulo a caminho de Damasco,
Também tive minha visão.
Em tantos caminhos andei.
 
Além do fundamental, 
Níveis diversos, modalidades e graus,
Idioma italiano e história ensinei 
Em Franca, Osasco
E até na terra do peão
Sempre ensinando com paixão.
 
Uma luz ofuscou meus olhos
Quando o primeiro aprendiz
Leu as primeiras palavras
Que lhe escrevi com giz.
 
Nesse caminho fiquei e permaneço feliz
O que ganhei, dinheiro não pagará,
pois é menos do que mereço,
mas é necessário
Para continuar acreditando
E vivendo desse salário.
 
Motivo de tristeza...
É que minha mãe não tenha me visto
Ensinando com o amor que dela herdei
E com tanto compromisso.

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras