Diário de bordo

Por: José Antonio Pereira

IV

Filha de Urano e Gaia,
Dissolvo-me no sinuoso abraço
Que envolve a Terra.
Deixo de ser
Para saber a água
E sorver azuis
E romper cadeias invisíveis
E seduzir o chão,
E rolar e polir
E absorver pedras enraizadas no ar
E lavar asas manchadas de medo
E ouvir palavras que espreitam
Portas entreabertas para o sempre
E aprender a linguagem do universo.

Que aqui nenhum ruído se opõe
À grande Voz que harmoniza o Cosmo
E diz em silêncio o que é, o que sou
E o que está.



 

Regina Helena Bastianini é fundadora do “Veredas” e professora dos “Cursos Luiz Cruz”. Poetisa, é autora de Eu e o Mundo e de Entrenós.

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras