13/05/2012 - Reportagem de Adriana Mendonça

Danielle Dahoui e seu adorável Ruella

Quem vê cara não vê coração. Julgamos pela aparência tantas vezes e, ainda bem, tantas vezes nos enganamos. Ainda existe a surpresa, guardamos dentro de nós o elemento surpresa, ainda que para pior, ainda que para o sofrimento, melhor assim. Deus me livre do mundo que o Facebook testemunha todos os dias. É fato que boa observação nos faz como a boa cigana, que tudo lê nas pessoas, exceto as linhas da mão.

Dúvidas, sugestões, reclamações?

Whatsapp GCN

16.99122-0761

0 COMENTÁRIO
COMENTE
A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o

Código de Conduta On-line do GCN.

Li e concordo com o código de conduta online.