27 de junho de 2019

Francal 2015

Último dia divide as expectativas de francanos

A movimentação do último dia da 47ª Francal ainda é uma incógnita para boa parte dos empresários francanos que participam da feira.

Francal 2015 09/07/2015 -
A movimentação do último dia da 47ª Francal ainda é uma incógnita para boa parte dos empresários francanos que participam da feira. Tradicionalmente considerado o dia de menor movimento, o quarto dia do evento neste ano cairá no feriado da Revolução Constituição de 1932, o que, para muitos, pode ser considerado um fator positivo. “Da cidade de São Paulo não deve vir muita gente por causa do feriado, mas devem vir clientes de cidades do interior paulista, que aproveitam a folga para viajar”, afirmou o representante comercial da J. Gean, Richard Bordini. Para ele, o primeiro dia de feira foi fraco, houve uma melhora no segundo e para hoje deve voltar a diminuir.
 
Outros acham que o feriado desta quinta pode contribuir para um aumento das negociações, justamente por ser um dia de folga. “A Couromoda de janeiro começou no domingo e teve muito movimento. Podemos nos surpreender nesse último dia, mesmo que muitas pessoas costumam ir embora”, disse a diretora da Albanese, Alessandra Chicaroni.
 
Para alguns, o movimento deve diminuir. “A expectativa para o último dia é zero, está tudo muito parado. Faltam clientes, a movimentação está franca e deve piorar”, comentou o diretor da D’Milton, Thales Leal.
 
Hoje a Francal termina mais cedo, encerrando às 17 horas, em vez das 20 horas como nos dias anteriores.


COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

VER MAIS