11 de julho de 2020

Franca

Pintinhos e peixes viram prêmios e causam polêmica

A entrega de pintinhos e peixes como premiação em uma festa junina do Colégio Piaget de Franca causou polêmica com os defensores do meio ambiente e protetores de animais da cidade.

Franca 23/06/2016 - Repórter: Marco Felippe
Foto de: Repórter cidadão
Os pintinhos, antes da distribuição, estavam em gaiolas, o que incomodou algumas pessoas
A entrega de pintinhos e peixes como premiação em uma festa junina do Colégio Piaget de Franca causou polêmica com os defensores do meio ambiente e protetores de animais da cidade. O caso aconteceu no último domingo, 19, durante evento realizado em um salão de festa e foi denunciado por convidados pelas redes sociais.
 
O Núcleo Ambiental Ecos da Natureza, que atua na cidade desde 1991 pela preservação do meio ambiente, foi um dos grupos que receberam a denúncia. Nela, há imagens de cerca de 20 pintinhos acondicionados em uma gaiola e também das aves entregues em um saco de papel com furos. Em relação aos peixes, eles foram distribuídos em um saco plástico com água.
 
Segundo o advogado do Núcleo, Jean Marcelly Rodrigues Rosa, a atitude viola a legislação de educação ambiental e fere os conceitos da posse responsável. “As pessoas que fizeram a denúncia ficaram indignadas com o ato. Acharam um absurdo uma escola distribuir animais como prêmios. A pessoa, para receber um animal, precisa se preparar. É necessário uma organização. Uma família não tem aquário de prontidão para um peixe ou alimento para um pintinho”. Rosa diz que como a festa aconteceu no fim de semana, os animais ficaram no mínimo até o dia seguinte fechados ou amarrado à espera de um destino.
 
Diante dos relatos e das imagens, o grupo repassou a denúncia para a Polícia Ambiental de Franca e também encaminhará o caso para o Conselho Estadual de Educação. “Nossa intenção, é que essa cultura mude. Que as pessoas procurem se informar antes de cometer o equívoco”, disse ele.
 
Para a coordenadora da Comissão de Proteção e Defesa Animal da OAB Franca, Silvia Cristina Samenho, a prática pode ser considerada como crime ao meio ambiente e ser passível de multa ambiental. “Precisamos educar e advertir para que não ocorra novamente. Animal não é brinquedo e meio ambiente não é só árvore e matas”, disse.Surpreendidas com a denúncia, as diretoras proprietárias do Colégio Piaget, Suse Nascimento e Angélica Kaluf, disseram que o objetivo era justamente o contrário e que nenhum pai foi obrigado a levar os animais. “Os pintinhos foram levados para a festa após o encerramento de um projeto na escola que tratou, justamente, sobre os cuidados com os animais. Houve um trabalho educacional”, explicou Suse. De acordo com Angélica, ao brincar na barraca da pesca, as crianças escolhiam entre um pintinho, um peixe ou um brinde. “Havia opção de escolha e os pais estavam cientes. Não existiu maus tratos e irresponsabilidade”.
 
A Polícia Ambiental de Franca informou que só se comentaria o caso após autorização da assessoria da PM em São Paulo, o que não ocorreu até o fechamento da edição.
 
 


COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

Veja mais Local

CLIMA EM FRANCA

26°
15°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena: 2277
    Sorteio: 10, 22, 23, 37, 53, 60 Data: 08/07/2020
  • Quina: 5310
    Sorteio: 08, 43, 58, 64, 79 Data: 10/07/2020