16 de junho de 2019

Franca

Mortes caem pela metade com lombadas

Os dados são do Pelotão de Trânsito da Polícia Militar em Franca.

Franca 22/10/2017 - Repórter: Priscilla Sales
Foto de: Dirceu Garcia/Comércio da Franca
Lombofaixas ajudaram a diminuir número de acidentes
O número de mortes e de feridos no trânsito nas ruas de Franca vem caindo desde julho, quando se intensificaram as ações de fiscalização da Polícia Militar e a instalação de redutores de velocidade, popularmente conhecidos como lombadas e lombofaixas. A queda, nos acidentes com vítimas fatais, chega a metade. Já em ocorrência de trânsito com feridos a diminuição chega a pouco mais de 34%.
 
Os dados são do Pelotão de Trânsito da Polícia Militar em Franca. Segundo o levantamento, em julho e agosto do ano passado, a cidade registrou 13 mortes causadas por acidentes de trânsito. Já no mesmo período deste ano, o número de pessoas que perderam a vida foi seis. “É inegável que as lombadas e lombofaixas tiveram um papel fundamental nesta queda. Nossos registros mostram que 100% dos acidentes com feridos graves ou mortos têm o componente da velocidade. Com esses redutores espalhados, o motorista é obrigado a diminuir a velocidade. O acidente mesmo que ainda ocorra não será tão grave como anteriormente”, disse o tenente Régis Antônio Mendes, responsável pelo Pelotão de Trânsito da Polícia Militar.
 
Ele cita como exemplos as mudanças no comportamento de motoristas em avenidas que já contam com o dispositivo. “Na Rua Tristão de Almeida, no trecho que passa em frente ao Cemitério das Oliveiras, tivemos vários registros de acidentes graves. Depois da instalação, isso não existiu. Na Avenida Emílio Paludetto, por exemplo, era muito comum termos acidentes com motos e esse índice também caiu”.
 
No caso dos acidentes com vítimas não fatais, a queda foi um pouco menor, mas já significativa. Em julho e agosto do ano passado, foram registrados 268 acidentes com vítimas. Já neste ano, no mesmo período, esse número caiu para 175. “Isso mostra que nossas ações de prevenção estão dando resultados. É claro que sabemos que muita gente critica, não gosta, reclama. Mas isso não importa porque nosso objetivo maior é preservar a vida dos cidadãos”, disse Márcio Antônio dos Santos, o Marcinho, coordenador de Trânsito da Prefeitura. 
 
Segundo Marcinho, de julho a setembro, foram instaladas em Franca 59 lombadas e lombofaixas. “Foram escolhidos pontos estratégicos, em que há um maior registro de acidentes e também com maior risco. Todas as instalações foram precedidas de um estudo técnico que avaliou ainda outros fatores, como movimento de pedestres e de veículos. Não foi aleatório”. 
 
Marcinho ainda lembrou que, mesmo com o aumento das lombadas, foram importantes as ações de fiscalização da PM. “De fato, aumentamos o número de operações para combater a embriaguez ao volante, o excesso de velocidade, a falta do cinto de segurança e o uso indevido do celular”, disse o tenente Régis. O aumento da fiscalização acabou também elevando o número de multas aplicadas. Em julho e agosto de 2016, foram 4.952 infrações por excesso de velocidade. Já neste ano, nos dois meses, esse número subiu para 11.750.


COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.