13/03/2018 - Reportagem de Edson Arantes

Acusado de mandar matar prefeito é condenado

Foto de: William Borges/Comércio da Franca

Escoltado por policiais e com seu advogado ao fundo, Sérgio Augusto Freitas ouve sua sentença

Demorou quase duas décadas para que o acusado de ser o mandante do assassinato do então prefeito de Igarapava, Gilberto Soares dos Santos, o “Giriri”, prestasse contas com a Justiça. Demorou dez horas para que o julgamento, realizado ontem no Fórum de Franca, fosse concluído. A Justiça tardou, mas, para os familiares da vítima, não falhou. Sérgio Augusto Freitas, o “Serginho”, foi considerado culpado por homicídio triplamente qualificado e condenado a 30 anos de reclusão em regime fechado. Ele está preso desde julho do ano passado por outro crime: é acusado pelo Gaeco de envolvimento com organização criminosa que se uniu para fraudar licitações na Prefeitura.

Dúvidas, sugestões, reclamações?

Whatsapp GCN

16.99122-0761

0 COMENTÁRIO
COMENTE
A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o

Código de Conduta On-line do GCN.

Li e concordo com o código de conduta online.