11/07/2018 - Reportagem de Marcella Murari

Desempregado vai até casa de desafeto, atira e é preso

Um desempregado de 19 anos foi para a Penitenciária de Franca, na tarde de quarta-feira, depois de ir até a casa de um desafeto, efetuar disparos com uma arma e confessar o crime. 

 
O caso aconteceu no Jardim Aeroporto. De acordo com informações da Polícia Civil, o desocupado foi até o imóvel do rival, com quem teve uma briga dias atrás, e sacou um revólver. Ele atirou para intimidar e fugiu logo em seguida. Ninguém se feriu.
 
A Polícia Militar foi acionada e capturou o jovem ainda nas imediações. No 4º Distrito Policial, ele admitiu o que fez e disse que a arma era emprestada. O objeto não foi localizado.
 
Como o desempregado não pagou a fiança de R$ 2 mil estipulada, ele foi indiciado e recolhido. O caso será investigado.

Dúvidas, sugestões, reclamações?

Whatsapp GCN

16.99122-0761

1 COMENTÁRIO

Retardados e armados

12 de Julho 2018

Zona sul apresenta notório alto índice de debilidade mental devido a drogas e álcool.. Sãos os filhos do crack e de alcoólatras que geram a violência no Brasil. Esta é a razão porque nossas casas tem que ser fortalezas enquanto nos USA as casas nem tem muro na frente, proibem venda e consumo de bebidas alcoólicas em espaços públicos e controle mental e até armas podem ser liberadas. No Brasil vendem calçadas por propinas (CTB Art. 254 IV,V vias de trânsito são embriagódromos e drogódromos). A solução da violência no Brasil é o O SUS disponibilizar laqueadura e vasectomia para interessados, principalmente os doentes mentais qe não deviam criar proles hereditárias.. Falta controle de natalidade e esterilização dos loucos, heredopáticos, ciência que vai eliminando geneticamente a herança da debilidade mental Eugenia método democrático que visa melhorar o patrimônio genético de grupos humanos.

Gostei
COMENTE
A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o

Código de Conduta On-line do GCN.

Li e concordo com o código de conduta online.