27 de junho de 2019

Franca

Veja o perfil das vítimas fatais em acidentes de trânsito

Apesar do aumento de fatais, houve uma redução de 18% nas vias urbanas em relação a 2017.

Franca 09/01/2019 - Repórter: Caíque Araújo
Foto de: William Borges/Comércio da Franca
Imagem de arquivo de acidente com vítima fatal em julho do ano passado

O trânsito de Franca terminou com 54 vítimas fatais em 2018, número que superou 2017 que terminou com 48 pessoas mortas no trânsito. Apesar do aumento de vítimas fatais, houve uma redução de 18% nas vias urbanas/vicinais (vias municipais) em relação a 2017.

Em dados fornecidos pela Polícia Militar, é possível notar que o perfil de vítimas quando o assunto é acidente fatal, é homem entre 18 a 29 anos. Fato que ocorre em 33,33% dos casos. Em 81,52% as vítimas são do sexo masculino.

O período em que mais aconteceram acidentes no ano passado foi nas noites e madrugadas próximas aos finais de semana. 72% de quinta a domingo e 70% no período noturno das 18h s 6 horas. Os meios de locomoção mais envolvidos foram motocicletas. Dos 54 acidentes fatais, foram 21 motos envolvidas, 15 pedestres, 11 automóveis, 4 ciclistas e 3 caminhões.

Em dezembro, em apenas algumas horas, duas mortes foram registradas por conta de acidentes na Rodovia Ronan Rocha, que liga Franca a Patrocínio Paulista.

A primeira vítima foi Ramilton Souza de 30 anos, ele seguia na rodovia com destino a Franca quando, nas proximidades da Unifran, perdeu o controle da direção do VW Santana que dirigia e capotou. O carro de Ramilton foi parar na valeta da rodovia. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu e morreu horas depois na Santa Casa de Franca.

O segundo caso aconteceu horas depois, a vítima, um homem de 59 anos estava de bicicleta na rodovia e, ao tentar atravessar a pista, foi atingido por um VW Gol que seguia sentido Patrocínio Paulista. Joel Silva Pereira morreu no local do acidente.
 



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

VER MAIS