10/01/2019

MP denuncia Gilson por aluguel de prédio desocupado

O prefeito Gilson de Souza tem 15 dias para prestar esclarecimentos sobre o caso, sendo que após este período ele poderá ter os bens bloqueados.

O Ministério Público Estadual propôs uma ação civil pública contra o prefeito de Franca, Gilson de Souza (DEM), por improbidade administrativa. O prefeito, segundo a ação movida pelo promotor de Justiça Paulo César Corrêa Borges, manteve ao longo do ano de 2018, mesmo desocupado, o aluguel do prédio que antes abrigava a Incubadora de Empresas de Franca.

Dúvidas, sugestões, reclamações?

Whatsapp GCN

16.99122-0761

0 COMENTÁRIO
COMENTE
A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o

Código de Conduta On-line do GCN.

Li e concordo com o código de conduta online.