25 de agosto de 2019

Franca

Escolas de samba de Franca se preparam para Carnaval

Oito agremiações participarão da festa na Passarela do Samba 'José Renato Rosa' .

Franca 20/01/2019 - Repórter: Carolina Ribeiro
Foto de: Jean Paul/Comércio da Franca
Ases do Ritmo, tricampeã do Carnaval de Franca, em desfile de 2018: neste ano 6 escolas desfilarão no grupo especial

As oito escolas de samba de Franca que participarão do Carnaval 2019 já iniciaram os preparativos para o desfile previsto para acontecer entre os dias 2 e 4 de março. Enquanto realizam os primeiros ensaios, lançamentos de sambas-enredos, confecção de fantasias e alegorias e ações para angariar fundos que auxiliam na realização da festa, as agremiações ainda aguardam a aprovação da Câmara Municipal para a verba da Prefeitura. O valor ajudará nos pagamentos das despesas com a organização dos desfiles. É previsto que a Prefeitura repasse R$ 45 mil para as seis escolas do grupo principal e R$ 25 mil para as duas do grupo de acesso.

“A cada ano as escolas de Franca estão se profissionalizando mais e investindo em alegorias, fantasias e materiais que nos remetem aos grandes carnavais. Para isso, todas se preparam durante todo o ano e realizam ações como venda de pizzas, feijoada, participação em eventos, entre outros, que além da verba da Prefeitura, contribuem para um grande Carnaval”, disse o presidente da Uesf (União das Escolas de Samba de Franca), José Policarpo.

Participarão do Carnaval 2019 as escolas Aliados da Santa Cruz; Águias Douradas; Filhos de Gandhi; Acadêmicos da Zona Sul; Embaixadores da Estação, Pique Brasileiro; Mocidade Alegre da Boa Vista e Ases do Ritmo, que é a atual tricampeã.

Os primeiros grandes ensaios das agremiações já começaram na maioria das escolas e aquelas que ainda não deram início às atividades neste ano, devem fazer isso já na próxima semana, de acordo com seus presidentes. Também para este mês estão previstos os lançamentos dos sambas-enredos, que tratam de temas que vão desde a chegada do negro à Bahia até crenças populares e a escolha das rainhas de bateria.

Organização espera 30 mil pessoas
Segundo o presidente da Uesf, José Policarpo, a expectativa é que mais uma vez milhares de pessoas passem pela Passarela do Samba “José Renato Rosa” - no ano passado foram mais de 25 mil foliões nos três dias de festa. Para isso, deve ser montada uma estrutura semelhante a dos últimos anos, com arquibancadas e banheiros. Sem Carnaval de rua na maioria das cidades da região, a folia deve também movimentar o turismo local.

“Esperamos para este ano um público superior a 30 mil pessoas. Sabemos que muitas cidades da região não terão o carnaval de rua e por isso estamos preparando um grande espetáculo, com lindas fantasias, alegorias e sambas-enredos que alegrarão os nossos foliões. O Carnaval de Franca está cada dia mais profissional, gerando emprego, direta e indiretamente, para cerca de 200 trabalhadores. Todas as escolas estão empenhadas em mostrar algo bonito para o público”, explicou Policarpo.


 



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

VER MAIS