25 de agosto de 2019

Região

Homem cria perfil falso para ofender prefeito de Restinga

Os agentes da DIG localizaram um homem que criou um perfil falso para ofender o prefeito.

Região 29/01/2019 - Repórter: Caíque Araújo
Foto de: Dirceu Garcia/Comércio da Franca
Amarildo Nascimento, prefeito de Restinga

Os agentes da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) localizaram, através do Departamento de Crimes Cibernéticos, um homem que criou um perfil falso no Facebook para ofender o prefeito da cidade de Restinga, Amarildo Nascimento (PMDB). Segundo a polícia, os fatos vinham acontecendo desde junho do ano passado. O autor usava fotos do prefeito com mensagens ofensivas como “Amarildo Lixo” e usava fotos sem sua autorização.

Após tomar conhecimento do perfil, o prefeito procurou a polícia com as imagens das ofensas e os agentes começaram a investigação.

“Nós temos uma equipe especializada em crimes cibernéticos e, a partir de então, demos início a uma investigação bem detalhada e bastante técnica até que nós chegamos no autor que criou essa conta. Ele foi intimado e compareceu até a delegacia junto de seu advogado e acabou confessando que seria o criador do perfil”, disse o delegado Dr Márcio Murari.

Segundo a polícia, o autor é morador da cidade de Restinga e sua esposa trabalha na prefeitura. Ele responderá por calúnia e difamação.

“Hoje a polícia já tem ferramentas que auxiliam na identificação de autores deste tipo de crime. O caso foi encaminhado para o Fórum de Franca e agora aguardaremos a decisão da Justiça”, disse o delegado.

Segundo o prefeito Amarildo Nascimento, o que motivou o autor proferir ofensas na rede social teria sido uma licitação em que ele não foi favorecido.

 “Eu conheço o autor. Ele prestou serviços no início de 2017 para a prefeitura, com serviços de informática. Nesse período, precisei abrir uma licitação do serviço e ele achou que eu teria que favorecê-lo. É uma situação constrangedora, tenho família e, graças ao trabalho da polícia, ele foi identificado. Muito se fala que os crimes pela internet são difíceis de serem identificados e está aí a prova de que é possível localizar o criminoso”, afirmou o prefeito



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

VER MAIS