20 de julho de 2019

Culinária

Pavê clássico

Camadas de cremes, alternadas com bolachas tipo maisena, cobertas ao final com claras batidas em neve e salpicadas com coco ralado e raspas de chocolate compõem um pavê clássico.

Culinária 10/03/2019 - Repórter: Sônia Machiavelli
Foto de: Dirceu Garcia/Comércio da Franca
Camadas de cremes, alternadas com bolachas tipo maisena, cobertas ao final com claras batidas em neve e salpicadas com coco ralado e raspas de chocolate compõem um pavê clássico que marcou a infância de muitos

A história das sobremesas está repleta de doces que conheceram seu tempo de glória e depois caíram no esquecimento. Mas muitas vezes certas lembranças açucaradas emergem em nossa memória nos ordenando ir em busca daquela receita especial que nos oferecia tanto prazer ao paladar, ao olfato. De minha parte sinto saudades de um doce de pão que minha mãe fazia passando fatias em ovos batidos com leite e depois mergulhando-as em calda que ficava fervendo devarinho, recendendo à canela, uma delícia. Só de pensar naquele perfume eu salivo. Nunca o encontrei em outro lugar, a não ser na casa da infância. Tentei repetir a receita inutilmente: não ficou nem de longe parecido. Tinha um nome italiano esse doce tão simples e especial; mas não me lembro e já corri atrás sem sucesso. Só sei que na época todo mundo fazia. Saiu dos cardápios. Adeus.

E há os doces que continuam sendo feitos, mas inventam tanta moda, com se dizia antigamente, que acabam desfigurados. É o caso do velho e bom pavê da infância de meus filhos. Uma camada de creme branco, outra de bolachas, uma terceira de creme de chocolate, mais bolachas, por fim as claras em neve, salpicadas de coco ralado e raspas de chocolate. A gente olhava as camadas depois de gelado e ensinava às crianças porque se chamava “pavê”. Se houvesse interesse dava até para alongar o assunto e explicar o que era petit-pavé, rua pavimentada, via asfaltada e coisas tais.

Aos poucos foram sofisticando a sobremesa, colocando camadas de morango, ou pêssego em calda, ou abacaxi em compota. Etc. As bolachas ingênuas, tipo Maisena, de que todos gostávamos desde que nos conhecíamos por gente, foram substituídas por outras tipo champagne. Não digo que ficassem ruins, pelo contrário. Mas bem diferentes, pois a calda empapava demais as bolachas, elas não suportavam o peso, o efeito de doce pavimentado se perdia. Acho que por conta de lembranças de coisas que eram feitas de um jeito e passaram a ser de outro, senti vontade de preparar um pavê à moda antiga. Saiu este que o leitor vê na foto e quem experimentou disse que gostou.

Vamos lá. Comece pelos cremes. Basta misturar os ingredientes de cada um deles e levar ao fogo em chama baixa, mexendo sem parar, para não empelotar, até engrossar. O cuidado que se deve ter é com a s gemas. Antes de agregá-las à mistura, coloque numa peneira, fure com palito e deixe escorrer, sem mexer nelas. A película que as recobre ficará retida nas tramas, impedindo que o gosto de ovo transpareça.

Estando prontos os cremes, coloque num prato fundo o leite e misture o chocolate em pó. As bolachas serão passadas rapidamente por esta calda fria, antes de entrarem na composição. Tudo à disposição, vamos à montagem. Use um refratário transparente, quadrado ou retangular, para manter o ar retrô e poder apreciar as camadas depois de pronto. A primeira é de creme branco, que deve ser espalhado e acertado com as costas de uma colher. Depois, metade das bolachas umedecidas rapidamente na mistura de leite e chocolate. Disponha com capricho uma ao lado da outra, como é mostrado no passo a passo. Cubra as bolachas com creme de chocolate, alisando também com as costas da colher. Volte à quarta camada, de novo bolachas umedecidas na calda e justapostas. Bata as claras na batedeira, juntado o açúcar aos poucos, até que fiquem bem firmes. Aí então acrescente o creme de leite gelado e sem soro e cubra o pavê. Para terminar, salpique toda a superfície com coco ralado e, sobre este, raspas de chocolate. Leve à geladeira por duas horas, no mínimo, antes de servir.

 

porção: 10
dificuldade: fácil
preço: econômico
 
Ingredientes
Creme branco
 1 lata de leite condensado
 1 lata (medida anterior) de leite
 1 colher (sopa) de amido de milho (Maisena)
 2 gemas
 
Creme de chocolate
 1 lata de leite condensado
 1 lata (medida anterior) de leite 
 2 gemas
 4 colheres de chocolate em pó
 
Cobertura
 4 claras
 4 colheres de açúcar refinado
 1 lata de creme de leite sem soro
 
Outros
 1 pacote de bolachas tipo maisena
 ½ copo de leite
 1 colher (sobremesa) de chocolate em pó
 
Passo a passo 
 
1 - Prepare os dois cremes- o branco e o de chocolate; deixe esfriar,  reserve
 
2 - A primeira camada é de creme branco; em cima dele as bolachas umedecidas na calda fria de chocolate.
 
3 - Sobre a primeira camada de bolachas espalhe o creme de chocolate
e sobre este a segunda camada de bolachas
 
4 - Cubra as bolachas com mistura de claras batidas em neve, açúcar e creme de leite.
 
5 - Arremate com coco ralado e raspas de chocolate; leve à geladeira por duas horas.

 



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

VER MAIS