22 de agosto de 2019

Franca

Unidade quebra durante resgate e escancara problema

Durante o socorro às vítimas do acidente, a UR quebrou e precisou ser rebocada.

Franca 17/04/2019 -
Unidade de resgate precisou ser rebocada.

Leandro Vaz e André Poeta

O atendimento corriqueiro de um acidente de trânsito em Franca escancarou um problema sério. A cidade conta com apenas uma unidade de resgate do Corpo de Bombeiros no momento. Durante o socorro às vítimas do acidente, a UR quebrou e precisou ser rebocada. Uma unidade do Samu foi acionada para socorrer os feridos. 

Segundo informações apuradas pela reportagem, a unidade é a única em funcionamento para atender a cidade toda. Uma segunda viatura teria sido emprestada para o quartel de Barretos. Oficialmente o Corpo de Bombeiros não se posicionou sobre o problema.

Um convênio firmado entre Estado e Prefeitura diz que a responsabilidade sobre manutenção de unidades é da cidade. Levado ao conhecimento da Prefeitura, a administração ainda não se manifestou.

Uma das vítimas do acidente no bairro São José é um senhor de 60 anos. Ele sofreu fratura exposta em um dos braços e precisou aguardar para ser socorrido. “Essa viatura estava indo socorrer meu pai. É uma vergonha essa saúde. Pode fechar pra balanço, viu?!”, escreveu Odirley Mariano, filho da vítima, em transmissão ao vivo no Jornal da Manhã, da rádio Difusora.

AÇÃO

Após denúncia do problema no Jornal da Manhã, da rádio Difusora, a deputada estadual Graciela Ambrósio se manifestou nas primeiras horas desta quarta-feira, 17. Ele oficiou o governo estadual sobre a necessidade do aumento no número de unidades de resgate do Corpo de Bombeiros para a região de Franca.
 



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

VER MAIS