20 de julho de 2019

Opinião

Vitória no sofrimento

Opinião 12/05/2019 -

“Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo.João 16.33


Desde que nascemos, aprendemos que as aflições fazem parte da nossa vida. À medida que vamos crescendo vamos percebendo que por mais que tenhamos uma vida bem planejada, um belo suporte familiar, mesmo assim temos que enfrentar dificuldades. As formas pelas quais sofremos aflições mudam no decorrer dos anos, mas a realidade é que em todas as fases de nossa existência somos afligidos. As aflições tentam nos roubar a paz e nos torna conscientes de que não estamos no controle das circunstâncias externas à nossa vida. Somos afligidos porque as pessoas nos frustram, porque as coisas se perdem ou são roubadas. Somos afligidos quando não conseguimos alcançar objetivos traçados, quando a doença chega e em alguns casos, a morte bate em nossa porta e querendo ou não, temos que aceitar a separação das pessoas que mais amamos.

A bem da verdade, quem estuda a Bíblia sabe muito bem, que em momento nenhum, Jesus nos imunizou de tais sofrimentos. Pelo contrário, nos ensinou sim, que teremos aflições, lutas e embates. O ensino de Jesus não é alienado das dificuldades inerentes à existência. O ensino de Jesus não nos tira da realidade, não espiritualiza o sofrimento, nem tampouco faz dos seus seguidores super-homens, ou super-mulheres, que passam pela vida como que vivendo em um “conto de fadas”. O próprio Jesus quando esteve aqui, não escolheu o caminho fácil. Ao tomar forma humana, trilhou o caminho do sofrimento, desde o seu nascimento até a sangrenta morte na Cruz, enfrentou todo o tipo de provação que um homem poderia suportar. Mas por que teve que ser assim? Para que hoje pudéssemos ter um Sacerdote que tenha passado por todos os estágios que passamos. O escritor aos Hebreus nos explica isto da seguinte forma: “Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado”. (Hb. 4.15). Portanto, caros leitores, que estejamos preparados para os grandes embates da vida. Sabendo, que temos a companhia de nosso amado Jesus. Ele é o nosso socorro bem presente no dia da angústia. Vamos a vitória.

Deus vos abençoe.
  



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

VER MAIS