18 de junho de 2019

Franca

Demora em liberar projetos revolta construtores

A cobrança para a Prefeitura agilizar a expedição de documentos teve mais um capítulo.

Franca 14/05/2019 - Repórter: N. Fradique
Foto de: William Borges/Comércio da Franca
O vereador Nirley de Souza (PP) tentou minimizar o problema dizendo que a prefeitura está tentando resolver a situação, mas foi vaiado pelos representantes.

A cobrança para a Prefeitura agilizar a expedição de documentos sobre pequenas construções teve mais um capítulo na sessão da Câmara Municipal desta terça-feira, 14.

Os projetos de construção estão represados na Secretaria de Planejamento Urbano e um grupo de representantes da classe foi à Câmara para reclamar da situação e pedir ajuda aos vereadores. 

Vera Ferrante, representante dos construtores, disse que a demora é um deboche à classe. “Falo em nome da classe que está sendo prejudicada. De dezembro pra cá todos os projetos, simplesmente pararam de ser aprovados devido a uma norma de acessibilidade. Nosso ramo que é uma cadeia de profissionais que está sem poder trabalhar. A demora tirou empregos de muitas pessoas. Isso é um deboche”.

O assunto, que já se arrasta há um bom tempo na cidade, ficou sem resposta uma vez que a secretária de Planejamento Urbano, Adailma Helena Ferreira, convocada para ir à Câmara para alguns esclarecimentos não compareceu. 

“Em uma reunião, ele (prefeito Gilson de Souza) chamou Adailma e disse para ela resolver o problema, mas a coisa não anda. Prometeram um mutirão no próximo sábado para despachar os projetos. Vamos esperar”, revelou Vera.

O vereador Nirley de Souza (PP) tentou minimizar o problema dizendo que a prefeitura está tentando resolver a situação, mas foi vaiado pelos representantes dos construtores e trabalhadores na área. Com isso, o parlamentar nem chegou a concluir seu discurso. 

O trabalhador ligado à construção civil de nome Adriano usou a Tribuna. “Já estou passando por dificuldades financeira e sem comida em casa”, disse. 

“Estou com vergonha de chegar em casa e dizer pra minha mulher que não deu certo mais uma vez. Só queremos trabalhar”, disse Daniel Nascimento, que também presta serviço à classe de construtores.

“É por isso que essa Câmara está impaciente com o prefeito. Se tem uma engenheira, uma secretária que debocha de construtores, o prefeito tem que tomar uma decisão. Se ela não é preparada para a função, que seja trocada”, disse o vereador Corrêa Neves Júnior (PSD).  



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.