25 de agosto de 2019

Franca

Funcionários da São José temem por desempregos

Um grupo de funcionários está preocupado com o possível desemprego na categoria.

Franca 21/05/2019 - Repórter: N. Fradique
Foto de: William Borges/Comércio da Franca
Reginaldo Reis da Silva, representante dos funcionários da São José, usou a Tribuna da Câmara Municipal desta terça-feira, 21.

Um grupo de funcionários e colaboradores da empresa de ônibus São José está preocupado com o possível desemprego na categoria. O contrato de concessão da empresa expira em 30 dias, mas a situação ainda não está definida. A Prefeitura não fez licitação e propõe a renovação contrato com a São José por mais 10 anos.

Reginaldo Reis da Silva, representante dos funcionários da São José, usou a Tribuna da Câmara Municipal desta terça-feira, 21, dizendo que uma troca de empresa pode causar pelo menos 450 desempregos. “Os funcionários estão preocupados e não estão dormindo direito com essa situação. Gostaria de uma atenção de vocês sobre isso e que vocês pensem nos trabalhadores”, disse Reginaldo.

O vereador Della Mota (Podemos) questionou Reginaldo sobre os motivos de os representantes da categoria não terem se preocupado quando a empresa dispensou os cobradores dos ônibus. “A gente vive o momento de hoje. Estou zelando por eles (funcionários), mas naquela ocasião não tive a oportunidade de fazer nada”, respondeu Reginaldo.

A Câmara espera pelo projeto do Executivo para analisar seu conteúdo.
 



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

VER MAIS