18 de junho de 2019

Esporte

Torcida monta mosaico gigante para o Sesi Franca; jogo é hoje

O Sesi Franca Basquete enfrenta hoje, a partir das 20 horas, o Flamengo no segundo jogo do playoff final do NBB. Franca perdeu o primeiro confronto no Rio de Janeiro, e agora recebe os cariocas no Ped

Esporte 23/05/2019 -

O Sesi Franca Basquete enfrenta hoje, a partir das 20 horas, o Flamengo no segundo jogo do playoff final do NBB. Franca perdeu o primeiro confronto no Rio de Janeiro, e agora recebe os cariocas no Pedrocão. 

Para receber e apoiar o time comandado por Helinho Garcia, os torcedores armaram um mosaico gigante com os dizeres “Franca”. A iniciativa chamou a atenção do time.

Na tarde desta quinta-feira, 23, um grupo de 25 pessoas montava as posições do mosaico nas arquibancadas do ginásio. “O mosaico ocupará toda parte das arquibancadas do lado oposto aos bancos dos atletas”, explicou Geasi Félix de Almeida, administrados dos Grupos no Whatsapp, onde surgiu a iniciativa.

O JOGO

Após perder o primeiro jogo da final para o Flamengo, no Rio de Janeiro, o Sesi Franca Basquete busca fazer a lição de casa contra o time carioca nas duas partidas que fará em seus domínios, nesta quinta-feira, 23, e neste sábado, 25, para seguir com chances de conquistar o título do NBB (Novo Basquete Brasil) temporada 2018/19.

Para isso, a equipe de Helinho Garcia aposta no mando de quadra, jogando no ginásio do Poliesportivo de Franca, hoje, às 20 horas, para empatar a série melhor de cinco, que aponta 1 a 0 para o time de Gustavo De Conte.

“Nosso recorde e nosso percentual de vitórias jogando em casa são excelentes. É com a força da nossa torcida que vamos entrar com tudo para fazer um grande jogo, com a maior intensidade possível, para conseguirmos essa primeira vitória na série”, afirmou o treinador francano.

Helinho terá todos os jogadores à sua disposição, e espera um melhor desempenho de alguns jogadores, que não foram bem na primeira partida, vencida por 82 a 68 pelos cariocas. Os atletas que estiveram aquém do esperado na partida do Rio de Janeiro foram: Elinho, Didi, Cipolini, André Góes e Hettsheimeir.

O time francano não disputa uma final de NBB há oito anos. Na última vez, na temporada 2010/11, os paulistas perderam a decisão para o Brasília.

O jejum de títulos nacionais já dura 20 anos. A última vez que o basquetebol francano levantou a taça de campeão brasileiro foi em 1999, sobre o Vasco da Gama.



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.