16 de setembro de 2019

Brasil e Mundo

VIOLÊNCIA

Menino Rhuan foi decapitado ainda vivo e levou 12 facadas, aponta laudo

No depoimento dado à polícia, a mãe disse que matou o filho porque este seria um empecilho para o seu relacionamento

Brasil e Mundo 11/06/2019 - Repórter: FolhaPress
Rhuan Maicon da Silva Castro morreu cruelmente aos 9 anos

O menino Rhuan Maicon da Silva Castro, 9, foi decapitado ainda vivo, apontou laudo divulgado pela Polícia Civil do Distrito Federal. Além do golpe inicial, no peito, a criança ainda tomou mais 11 facadas nas costas. O garoto foi morto e esquartejado pela própria mãe em 31 de maio, em Samambaia, região administrativa do Distrito Federal. Rosana Auri


COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.


LEIA ARTIGOS ANTERIORES