21 de julho de 2019

Franca

BATE BOCA

Vereadores Corrêa Jr e Marco Garcia batem boca durante a sessão

O embate seria inevitável, uma vez que os dois parlamentares vêm trocando farpas há um bom tempo.

Franca 25/06/2019 - Repórter: N. Fradique
Foto de: Dirceu Garcia/Comércio da Franca
Marco Garcia e Corrêa Jr discutiram na sessão desta terça-feira, 25.

Uma sessão que começou tranquila e com homenagem, terminou em bate-boca entre os vereadores Corrêa Neves Jr (PSD) e Marco Garcia (Cidadania) na Câmara Municipal de Franca, na manhã desta terça-feira, 25. O embate seria inevitável, uma vez que os dois parlamentares vêm trocando farpas há um bom tempo. Na sessão anterior, do dia 18, ocorreu uma denúncia “anônima” envolvendo o nome de Corrêa Jr, apontando que ele teria alterado um parecer em um projeto de lei após o prazo legal. O promotor de justiça Paulo Borges, esteve pessoalmente à Câmara apanhando documentos para averiguar o acorrido. No entanto, imagens da sessão, assim como vereadores, o presidente e uma das procuradoras da casa confirmaram que tudo foi feito sob orientação e antes da votação, dentro da legalidade.

Ao usar a Tribuna, Corrêa Neves voltou a dizer que irá tomar providências em instância superiores da Promotoria do Estado e pedirá providências na Câmara para esclarecer os fatos. Já sentados em seus lugares, os dois vereadores começaram a trocar farpas.

Ainda na Tribuna, Jr disse: “Covardes que escondem atrás de denúncias anônimas. Tem vereador que está aqui há 20 anos e nunca fez nada para a cidade. Precisamos descobrir a quem eles servem. A denúncia anônima é o refúgio do covarde”.

Em seguida, Garcia pediu para que constasse em ata que não tinha citado o vereador Corrêa jr e, imediatamente, Jr pediu para que constasse que ele citou o vereador Marco Garcia, momento que eles acirraram o bate-boca.Garcia pediu para que Jr “lavasse a boca” para falar seu nome. Jr contra-atacou dizendo que Garcia é leviano ao denunciar “algo que não existe”, sempre se escondendo no “eu ouvi dizer”.

Por fim, o presidente da Câmara Municipal, Donizete da Farmácia, pediu calma ao dois vereadores: “Eu sei que é difícil pedir alguma coisa nesse momento, mas isso só contribui para denegrir a imagem da casa (Câmara). Tenham calma e vamos revolver isso da melhor maneira possível. Realmente Júnior não está errado no caso da assinatura no parecer. Foi feito tudo dentro da legalidade”, reafirmou o presidente da Câmara.

Clareza

Ao final de seu discurso na Tribuna, Correa Neves Jr, disse que a prefeitura precisa dar clareza no que se refere a um dos itens importantes da renovação do contrato com a empresa São José, que é a redução de R$ 0,20 na tarifa. O novo contrato foi firmado semana passado por mais 10 anos.

“Falta clareza nos 20 centavos. Porque ainda não ocorreu a baixa no preço da passagem dos ônibus. Se tem que mandar para o legislativo então que manda e os vereadores dizem sim ou não. A população vive a expectativa da redução e precisa de uma resposta”, disse Jr.



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

VER MAIS