15 de dezembro de 2019

Franca

PREOCUPAÇÃO

Polícia registra 3 homicídios e julho é mês mais violento

Em 2019, foram registrados 7 assassinatos em Franca; Márcio Murari, da DIG, afirma que todos os crimes estão sendo investigados

Franca 20/07/2019 - Repórter: Kaique Castro, especial para o GCN
Foto de: André Poeta, especial para o GCN
Rafael Hortêncio da Rocha foi morto com três tiros na noite de segunda-feira; irmão é principal suspeito
O mês de julho se tornou o mês mais violento na cidade de Franca no ano de 2019 ao contabilizar 3 homicídios. Ao longo de todo o ano foram registrados outros 4 homicídios, somando 7 no total.

O primeiro crime foi registrado logo no primeiro dia do mês, quando Alex de Jesus, de 22 anos, matou o comerciante Norival de Lima, de 58 anos, com uma barra de ferro, e logo em seguida fugiu com o veículo da vítima. O crime ocorreu no ferro velho de propriedade de Norival, no São Luís. Alex confirmou que matou Norival por causa de ciúmes, alegando que a vítima teria saído com sua mulher.

Na na noite deste domingo,14, após ficar desaparecido por 10 dias, o pedreiro Alex Reis de Oliveira foi encontrado por moradores amarrado por arames e coberto por pedras, em uma piscina de tratamento de esgoto, no bairro São Francisco.

Na noite da última segunda-feira, 15, Rafael Hortêncio da Rocha, que morava no Paulistano, foi morto alvejado por três tiros; o maior suspeito é o seu próprio irmão, na rua São Paulo. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito havia discutido com a vítima, depois de descobrir que sua mulher estava se envolvendo com ele.

Em entrevista ao programa Hora da Verdade, da rádio Difusora, o delegado da DIG(Delegacia de Investigações Gerais) Márcio Murari, afirmou que todos os crimes estão sendo investigados. “No primeiro caso, Alex segue preso, à disposição da Justiça. No segundo caso, em que a vítima foi morta com requintes de crueldade, conforme mostra a situação em que o corpo foi encontrado, vai demandar mais tempo de investigação. Segundo as nossas investigações a vítima estaria envolvida no crime organizado. No caso de Rafael, já ouvimos quase todos os familiares e, para nós, o irmão da vítima é o autor do crime. Uma advogada nos solicitou e afirmou que ele se apresentará na delegacia na próxima segunda-feira”, disse Murari.

Corpo encontrado

Além dos crimes registrados na cidade, um homem de 39 anos foi encontrado morto na noite da última quarta-feira, 17, em uma fazenda às margens da rodovia Ronan Rocha, entre Patrocínio Paulista e Franca. De acordo com a Polícia Militar, quando chegaram ao local Roberto já estava morto e tinha ferimentos no rosto, aparentemente feitos por um objeto cortante. A arma do crime não foi encontrada.
 



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

Veja mais Polícia

CLIMA EM FRANCA

30°
19°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: Data:
  • Quina:
    Sorteio: Data: