20 de agosto de 2019

Opinião

A estratégia de Gilson

Gilson não é um bom gestor. Isto, todos nós sabemos. Mas, é um excelente político. Exímio articulador nos bastidores.

Opinião 03/08/2019 -
Gilson não é um bom gestor. Isto, todos nós sabemos.  Mas, é um excelente político. Exímio articulador nos bastidores. Enquanto a oposição grita, ele age em silêncio.
Pouco importa se estão reclamando que o prefeito passou dez dias tomando água de coco na praia ou se vai toda semana fazer sabe-se o que em São Paulo. Para ele, o que vale é o planejamento estratégico. Para a reeleição.
 
Gilson tem movido peças importantes no tabuleiro do jogo político para tentar se reforçar em um reduto onde já domina e seus adversários são mais vulneráveis: na periferia.
No comando da máquina e dono da caneta que faz nomeação, Gilson fez indicações estratégicas para cargos comissionados. Não, necessariamente, levando em conta a capacitação de trabalho dos novos assessores, mas de olho na possibilidade de conquistar votos em 2020.
 
Não é por acaso que Gilson nomeou os ex-vereadores Luiz Cordeiro e Zezinho Cabeleireiro, entre outros líderes comunitários, como Lázaro Barato e Carola. Até mesmo o genro de um ex-vereador foi presenteado. Só está faltando o Laercinho. A próxima parte do plano será filiar em partidos aliados vereadores bons de votos, como Claudinei da Rocha e Pastor Palamoni, que devem deixar o PSB.
 
A intenção do prefeito é reforçar sua penetração juntos aos eleitores das classes mais pobres e, assim, conquistar os votos necessários para garantir mais quatro anos de mandato. Quando a oposição acordar e se der conta da estratégia, pode ser tarde demais.
 
Só para lembrar
Quase dois anos após o Relógio do Sol ter sido destruído, a Prefeitura ainda não conseguiu iniciar a restauração. A administração também não consegue explicar quando serão realizados o passeio Franca Restinga e a Expoagro, que deveriam ter acontecido em maio. 
 
Arquivo silencioso
Sem qualquer tipo de alarde, espetáculo ou ampla cobertura pela imprensa, o Ministério Público arquivou, no dia 11 de julho, o procedimento que havia aberto para apurar suposta irregularidade do vereador Corrêa Neves Júnior (PSD) ao fazer ressalva em parecer de projeto arquivado pela Câmara. Os promotores não encontraram o menor indício de que tenha havido prejuízo ou ato de improbidade. Corrêa avalia processar os autores da fake news.
 
Supersalários
O Tribunal de Contas do Estado alertou a Câmara que o percentual estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal para o gasto com a folha de pagamento foi ultrapassado e que o limite tem que ser respeitado. Igual ao que sempre alega a Prefeitura, a Câmara nega que haja desequilíbrio financeiro.
 
Missão impossível
O presidente da Câmara, Donizete da Farmácia (PSDB), pediu a deputada Graciela Ambrósio (PR) que interceda junto ao governador João Doria (PSDB) para que as centrais de atendimento dos bombeiros e do Samu não sejam transferidas para Ribeirão Preto. O Estado pretende unificar todos os serviços de emergência na nova sede do Centro de Operações da Polícia Militar que será construído em Ribeirão. É o tipo de decisão irreversível.
 
Conversão à direita proibida
A direção do Psol enviou nota à coluna informado que Carola saiu do partido em 2015 e que o fato de ele ter sido contemplado com cargo comissionado na Prefeitura é questão particular. “Reafirmamos nosso posicionamento como oposição ao governo Gilson de Souza e à sua política de loteamento dos serviços públicos municipais”.
 
Craques do futuro
A Câmara votará nas próximas sessões projeto que institui em Franca a semana do torneio internacional de basquete a ser realizada em julho. A proposta, apresentada por Cristina Vitorino (PRB), tem o objetivo de incentivar as equipes de base da cidade. 
 
 
Edson Arantes
Jornalista
edson@comerciodafranca.com.br
 
 


COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

VER MAIS