22 de agosto de 2019

Franca

PUNIÇÃO

Enfermeira acusada de furtar cartões de pacientes é afastada pela Prefeitura

A servidora municipal deve fazer serviços internos no NGA, segundo apurou a reportagem do GCN.

Franca 08/08/2019 - Repórter: da Redação
Foto de: Reprodução
O que chamou a atenção dos investigadores é que a enfermeira se dirigia sempre para o mesmo caixa eletrônico

A enfermeira que confessou ter furtado cartões de pacientes e feito saques de dinheiro em caixa eletrônico foi afastada de suas funções na Casa do Diabético. A servidora municipal deve fazer serviços internos no NGA, segundo apurou a reportagem do GCN. Pelo menos cinco casos foram identificados pela DIG (Delegacia de Investigações Gerais), que acompanha o caso. O crime foi revelado hoje pelo delegado Márcio Murari. 

De acordo com o delegado, a servidora que não teve sua identificação divulgada, furtava os cartões quando os pacientes estavam em consulta, normalmente em momentos de exames. O que chamou a atenção dos investigadores é que a enfermeira se dirigia sempre para o mesmo caixa eletrônico. Assim foi possível identificá-la nos registros de segurança do local onde ela sacava o montante de dinheiro. Após ser identificada, a servidora foi encaminhada até a DIG onde foi indiciada por furto qualificado.

A Polícia Civil acredita que existam mais vítimas pela quantidade de pessoas que passam diariamente na casa do diabético.

No meio da tarde desta quinta-feira, 8, a Prefeitura, via assessoria de imprensa confirmou o afastamento e indicou que um procedimento interno será aberto contra a servidora. “A Secretaria Municipal de Saúde informa que, em relação à ocorrência tornada pública nesta data envolvendo a Casa do Diabético, abrirá procedimento administrativo para apurar os fatos e, constatando a situação relatada, tomará as medidas cabíveis. Também preventivamente, remanejou a funcionária para atividades internas e sem contato com o público até o fim das apurações”, escreveu.
 



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

VER MAIS