15 de dezembro de 2019

Nossas Letras

Festa em família

Este ano, uma forte e incessante tosse me acometeu e impediu-me de realizar este encontro, na data certa.

Nossas Letras 10/08/2019 - Repórter: Maria Rita Liporoni Toledo
Foto de:
Faz anos que reúno meus irmãos e famílias, em 24 de junho, dia de São João, para darmos continuidade à tradição de celebrá-lo, iniciada por meu pai, grande devoto deste santo.

Este ano, uma forte e incessante tosse me acometeu e impediu-me de realizar este encontro, na data certa. Estando melhor, remarquei para 25 de julho o nosso encontro. Nesta manhã, quando acordei e olhei o calendário, vi que era dia de São Cristóvão, que por ter transportado o menino Jesus nos ombros, foi aclamado protetor dos motoristas, profissão que meu pai, João Liporoni, exerceu. Foi um dos pioneiros em Franca, bem antes do taxi e do Uber. Fiquei radiante de alegria, pois este, também, é um santo querido de nossa família.

Veio a noite da festa. Muitos dos convidados já passaram dos oitenta anos, mas o carinho, a animação e a alegria eram juvenis.

Na mesa, potinhos com amendoim torrado, sem casca e sem sal, costume de muitos anos, acompanhados de bebidas leves, para uma entradinha rápida. Deliciosas empadas lembravam em sabor as que minha mãe fazia, com recheio de frango, em forminhas redondas de alumínio, trabalhosas para serem lavadas, hoje, encomendadas com facilidade. O arroz soltinho, feito na hora, acompanhava a carne ao molho de tomates. Para o indispensável café, Rosquilhas, rosquinhas torcidas, de farinha de trigo e banha de porco, erva doce e raspa de limão, feitas pelas mãos prestimosas da Sylvia que herdou a receita e agora é sua dona. Não poderia faltar o manjar branco de coco, com calda de ameixas pretas, ícone de nossa mocidade, majestoso em seu prato de vidro rosa, relíquia de cinquenta anos!!

Ah família! O sentido da vida, o acolhimento, o amor, a amizade, a confiança! A sensação de pertencimento!

Tão gostosa a espera pela Beatriz, netinha da minha irmã Lurdinha, prevista para agosto, revigorando nossos laços!

Que linda a reação do meu netinho Gabriel, com seu sorriso expressivo, ao ver Tânia, madrinha de seu pai, e Raquel, sua madrinha, sentadas lado a lado!

Como me faz feliz o empenho e a solicitude de meu marido em colaborar comigo na organização geral!

Muitos fatos foram relembrados, histórias antigas e novas contadas com calor e emoção! E muitos vivas a são João e são Cristóvão!

Não era noite de Natal, mas foi uma Noite Feliz!


 



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

Veja mais Textos

CLIMA EM FRANCA

30°
19°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: Data:
  • Quina:
    Sorteio: Data: