22 de agosto de 2019

Brasil e Mundo

VEÍCULO RECUPERADO

Polícia recupera no Paraguai carro furtado em São Paulo 27 anos depois

O dono do Verona, um empresário atualmente com 70 anos, tinha 43 anos de idade à época do furto.

Brasil e Mundo 12/08/2019 - Repórter: FolhaPress
Foto de: Divulgação
O dono do Verona, um empresário atualmente com 70 anos, tinha 43 anos de idade à época do furto

A polícia recuperou um carro, na fronteira do Brasil com o Paraguai, 27 anos depois de o veículo ter sido furtado em Perdizes (zona oeste da capital paulista). O flagrante ocorreu na Ponte Internacional da Amizade, que divide os dois países, no último sábado (10).

Segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal), agentes realizavam fiscalização de rotina em veículos, quando abordaram um Ford Verona, com placas paraguaias. A fiscalização ocorreu no km 730 da aduana Brasil/Paraguai, na cidade de Foz do Iguaçu (PR).

Após a abordagem, ainda segundo a PRF, o motorista do Verona, um paraguaio de 45 anos, apresentou o contrato de compra e venda do veículo. Porém, a polícia realizou uma consulta, com base no número dos chassis do carro, constatando que ele havia sido furtado, na capital paulista, em 30 de abril de 1992.

O acusado, assim como o carro furtado na década de 1990, foram encaminhados ao 6º DP de Foz de Iguaçu.

Ainda segundo a PRF, entre janeiro e esta segunda-feira (12), 29 veículos roubados ou furtados foram recuperados na Ponte Internacional de Amizade.

VÍTIMA

O dono do Verona, um empresário atualmente com 70 anos, tinha 43 anos de idade à época do furto. Ele ficou sabendo da recuperação do carro pela reportagem do Agora. "Nem me lembrava mais sobre este carro que me levaram", confessou.

Pelo que ainda se lembra, ele comprou o Verona, ano 1990, usado - o dono disse ter comprado o veículo com dois anos de uso. O carro foi furtado poucos dias depois. "Eu me lembro que ia vender outro carro que eu tinha, pois havia comprado o Verona. Mas depois que bandidos o levaram, meus planos mudaram", afirmou. Ele acrescentou que, à época do furto, desconfiou que o crime teria sido feito por encomenda. O idoso não soube dizer como o veículo foi furtado.

Perguntado se pretende ir buscar o carro no Paraná, o aposentado confessou que "não quer essa dor de cabeça".

A produção do Verona terminou em 1993. O modelo GLX 1.8 fabricado em 1992, similar ao do aposentado, segundo a tabela Fipe, é comercializado atualmente ao preço médio de R$ 4.410,00.


 



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

VER MAIS