25 de fevereiro de 2020

Franca

TIRO

Travesti baleada por PM segue em estado grave na Santa Casa

A travesti Roney Rezende, 38 anos, segue internada em estado grave na Santa Casa após ser baleada em uma ocorrência policial.

Franca 23/08/2019 -
Até o começo da tarde desta sexta-feira, 23, continuava internada em estado grave na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).
A travesti Roney Rezende, 38 anos, segue internada em estado grave na Santa Casa após ser baleada em uma ocorrência policial no final da manhã desta quinta-feira, 22, em Franca. Roney teria brigado com a família e quando os militares chegaram para atender a ocorrência ela teria partido para cima dos oficiais.

Segundo a Santa Casa, Roney deu entrada no hospital às 11h32. Até o começo da tarde desta sexta-feira, 23, continuava internada em estado grave na UTI  (Unidade de Terapia Intensiva).  

O CASO

Uma travesti de 39 anos causou uma grande confusão em uma ocorrência que seria rotineira. Após se desentender com seu padrasto, ela reagiu à abordagem policial, ameaçou os policiais militares com uma pedra de concreto e acabou sendo baleada na manhã desta quinta-feira, 22, na Vila Santa Terezinha.

De acordo com a capitão da Polícia Militar Cláudia, em entrevista exclusiva para o programa Hora da Verdade, os policiais foram acionados pelos familiares dela após se desentender com seu padrasto e a tia.

Chegando ao local da ocorrência, a travesti que de acordo com familiares é usuária de drogas, ficou alterada com a presença dos policiais e começou a ameaçá-los.

Ainda de acordo com a capitão Cláudia, ela pulou para a casa vizinha, e no momento que saiu da residência, partiu para cima dos militares com uma pedra de concreto nas mãos.  A travesti foi atingida primeiro por uma bala de borracha. Mesmo atingida, continuou investindo contra policiais. Neste momento acabou atingida com um tiro de arma de fogo. O tiro foi disparado por um segundo policial que ao ver o parceiro se tornando alvo do rapaz, resolveu o agir.  

“Foi feita uma negociação, mas foi necessário o disparo de elastômero (bala de borracha). Ele não cessou após o disparo e foi efetuado o tiro de arma”, disse a capitão.

A travesti foi socorrida com dois ferimentos, um de arma de fogo e outro de arma de borracha, e encaminhada até um hospital de Franca. O crime vai ser investigado pela Polícia Civil.



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

Veja mais Local

CLIMA EM FRANCA

27°
19°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: Data:
  • Quina:
    Sorteio: Data: