02 de julho de 2020

Artes

SOLIDEZ

O poder da música

Francano Eduardo Machado, 45, está na estrada há 33 construindo carreira sólida no Brasil e no Exterior

Artes 31/08/2019 - Repórter: Sônia Machiavelli
Foto de: Divulgação
Eduardo Machado
Eduardo Machado descobriu cedo o seu talento quando começou a tocar contrabaixo aos 12 anos, com o incentivo do pai. Logo estava se apresentando em público, mas isso não significou abandonar os estudos; ele já sabia que precisava se preparar solidamente para o mercado. Começou em Franca; aos 16 foi para Ribeirão Preto; aos 17 estava em São Paulo. “Sempre procurei aliar estudo com experiência de palco, lecionando contrabaixo e gravando em estúdios”, diz Machado de forma discreta, quase tímida, uma de suas características.

Aos 22 anos, surgiu a oportunidade de um curso no London Bass Institute Technology (BIT), escola de referência na Inglaterra. De volta ao Brasil, ingressou no Conservatório de Tatuí, o maior da América Latina, onde se graduou em MPB e Jazz. A partir de então, tocou em bandas de estilos diversos. Na Mr. Magoo ficou 13 anos.

Tocou também com o saudoso Laércio Piovesan: “Aprendi muito durante esse tempo. Tínhamos o Grupo Nosso Som, com ele no trompete e arranjos; Miroel Piovesan, sax barítono; Erlindo Morato, sax alto/flauta; Marcos Prado, violão/guitarra; Raul de Barros na bateria e eu no contrabaixo. Foi uma época maravilhosa... Eu era feliz e sabia ...” (Risos)

O lançamento do 1º CD, Eduardo Machado, abriu portas para grandes festivais, Sescs, programas de TV, entrevistas pra MTV, rádios. Com apoio do Proac, fez turnê por vinte cidades paulistas. Pouco depois veio o 1º DVD com o quinteto – Beto Sápio (sax), Gil Reis (piano), Vinícius Melo (guitarra), Alexandre Cunha (bateria) e o próprio Machado (baixo). Nesse período acompanhou outro músico renomado, Diego Figueiredo, em shows no Brasil e no exterior. Em 2011 nasceu o 2º CD, União, com excelente repercussão na mídia especializada.

O seguinte foi o ano da primeira turnê pela Europa com o quinteto. Ela rendeu o 3º CD Eduardo Machado Quintet Live at the Bird’s Eye Jazz Club, gravado na cidade de Basel, Suíça. De volta, mais excursões pelo Brasil e depois de alguns meses o convite para o Festival de New Hampshire. Ele conta: “Era a primeira vez nos Estados Unidos. Foi maravilhoso.” Assim que voltou fez uma turnê com Diego Figueiredo pela Ásia. “ A experiência foi incrível. Nunca tinha imaginado ir para aqueles países. Mas esse é o poder da música, ela nos leva a lugares inimagináveis.”- avalia.

A segunda excursão europeia contemplou Suíça e Alemanha.“Nosso grupo apresentou repertório bem elaborado com músicas autorais e de outros compositores, mostrando a diversidade e riqueza da nossa música”, resgata Eduardo Machado. No final de 2015, foram lançados mais dois CDs, seguidos de “União 2”, disco em parceria com o baterista e percussionista Robertinho Silva, mais participações especiais de amigos como Diego Figueiredo, Gabriel Grossi, Alegre Corrêa, Sizão Machado, Victor Biglione, Gil Reis, Ivinho Loppes e Nay Carvalho. Esse trabalho, além do áudio, teve registro em vídeo do making of da gravação e depoimentos. Entre turnês nacionais e internacionais, gravou ainda o DVD MTrio ao vivo no estúdio, registro da apresentação do seu trio (Gil Reis piano, Marcio Bahia bateria e ele no baixo) em um estúdio em São Carlos (SP). Gravado em abril e lançado em novembro, pode ser visto no canal de TV Music Box Brazil.

2019 começou a todo vapor, com a gravação do CD Málagma, palavra que significa fusão. Trabalho autoral, todo inspirado nos lugares por onde Machado passou, leva-o a uma reflexão: “A influência é inevitável, reflete-se na gente como pessoa; essa oportunidade que a música me deu de viajar o mundo todo me fez mudar, enxergar a vida de maneira diferente, mudam os valores...” Em março, quando acabou a gravação do CD , ele saiu em mais uma turnê pela Suíça, Alemanha, Eslováquia e Polônia, com shows lotados.

Retornando a Franca, começou uma série de apresentações e oficinas de música intitulada Falando baixo, beneficiando quatro mil alunos da rede municipal de ensino. “O projeto visa à divulgação da nossa cultura, das nossas raízes que não podemos perder jamais!’, diz entusiasmado.

Ontem, sexta-feira, aconteceu o lançamento do CD Málagma em todas as plataformas digitais. Amanhã, domingo, o vídeo homônimo e completo estreia no canal de TV Music Box Brazil às 20:30. E, depois, é pé na estrada. Porque Eduardo Machado é como o tempo: não para.  



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

Veja mais Notícias

CLIMA EM FRANCA

22°
11°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: Data:
  • Quina:
    Sorteio: Data: