26 de janeiro de 2020

Opinião

Seguir Cristo não é fácil

Os ensinamentos deste domingo nos falam quem quer ser cristão deve ter desapego da família, dos bens materiais e da própria vida.

Opinião 08/09/2019 -
Os ensinamentos deste domingo nos falam quem quer ser cristão deve ter desapego da família, dos bens materiais e da própria vida.

Primeira leitura: Sabedoria 9: O capítulo 9 do livro da Sabedoria contém uma maravilhosa oração para pedir a Deus a sabedoria.

Para fazer escolhas certas e ponderadas é necessária a “sabedoria”, isto é, a luz que vem de Deus, pois, como diz a leitura, seguindo os próprios impulsos e as próprias intuições, o homem não consegue descobrir o que de fato é o verdadeiro bem.

Segunda leitura: Filêmon 1: Passando pela província da Ásia, Paulo encontrou e converteu ao cristianismo um jovem e rico comerciante de Colossos, chamado Filêmon.

Um dia, um dos seus escravos, um certo Onésimo (que quer dizer “útil”) rouba seu dinheiro e foge para longe, para a Europa.

Não sabemos como este homem conseguiu encontrar-se com Paulo, que neste período estava preso em Roma.

Onésimo, malandro que era, ao chegar à capital com o dinheiro roubado, se mete em alguma encrenca, é descoberto pela polícia e encarcerado. Ali encontra o apóstolo.

Onésimo, confidencia a Paulo: “Sabes, meu amigo judeu, quando eu estava na Ásia, dei um golpe de mestre num cara de Colossos, um tal de Filêmon.

A partir daquele dia as conversas entre os dois se tornam mais frequentes. Paulo fala a Onésimo do Senhor Jesus e, depois de alguns meses, Onésimo pede para ser batizado. Quando sai da cadeia. O apóstolo, então, lhe entrega uma carta de apresentação para o seu amigo e para toda a comunidade.

Na sua carta, Paulo convida Filêmon e os cristãos de Colossos para não se deixarem levar por estas considerações que, muitas vezes, só escondem um mesquinho desejo de vingança. O apóstolo recomenda que Onésimo seja bem recebido, como se fosse seu filho como o seu próprio coração como um irmão muito querido.

Evangelho: Lucas 14: Vejamos os ensinamentos do Evangelho.

Se alguém vem a mim e não odeia seu pai, sua mãe, sua mulher, seus filhos, seus irmãos suas irmãs e até sua própria vida, não pode ser meu discípulos.

Jesus, com certeza, não tem a intenção de falar de ódio, mas de decisões firmes, quando necessárias para manter a fidelidade ao Evangelho.

Quem não carregar a sua cruz e não me seguir não pode ser meu discípulo.

Qualquer um de vós que não renuncie a tudo o que possui não pode ser meu discípulo.

 

Monsenhor José Geraldo Segantin
Pároco da Igreja de Santo Antônio e vigário geral da Diocese -segantin@comerciodafranca.com.br 


COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

Veja mais José Geraldo Segantin

CLIMA EM FRANCA

30°
14°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: Data:
  • Quina:
    Sorteio: Data: