10 de julho de 2020

Crianças

Quem cuida bem dos animais?

Animais no mundo todo ainda sofrem muitos maus tratos. E como eles não podem se defender, humanos de bom coração se organizam pra fazer isso

Crianças 08/09/2019 -
Animais no mundo todo ainda sofrem muitos maus tratos. E como eles não podem se defender, humanos de bom coração se organizam pra fazer isso. A fim de mapear a forma como cada país trata os bichinhos, a ONG World Animal Protection fez um ranking. E analisou vários fatores observados: punição contra maus tratos; cuidado com animais domésticos e silvestres; e também o jeito como se lida com os rebanhos nas fazendas. Quer conhecer quais são os que mais se destacaram positivamente e os que ainda têm muito a melhorar? Continue lendo.

Os países do Reino Unido, Áustria e Suíça tiraram conceito “A” no ranking. E sabe qual é o principal motivo? Eles tomaram medidas para mostrar aos outros países que é importante, sim, cuidar de todos os bichos. A Inglaterra e o País de Gales têm uma legislação forte que penaliza maus tratos. Nesses lugares, além de recolher o animal doméstico, o Estado também aplica uma multa e, dependendo do caso, a punição pode resultar em cadeia. Por lá os bichos são protegidos de fato. A Suíça também não fica atrás, porque, além de proteger os animais domésticos, cuida dos bichos de fazenda.

Infelizmente, existem países que não cuidam tão bem dos animais. Irã, Bielorrússia e Azerbaijão estão na categoria “G” (nível mais baixo), de acordo com pesquisa. O Irã, por exemplo, não conta com nenhuma política ou legislação que reconheça direitos dos animais. Faltam cuidados com os domésticos, de cativeiro e silvestres. E não existem leis que garantam a proteção deles.

E no Brasil? Por aqui, a fiscalização contra o abuso de animais ainda deixa a desejar. No ranking da pesquisa, nosso país tirou conceito “C” – que não é dos piores, mas a gente sabe que pode melhorar bastante. Dentre os principais pontos positivos, está a proteção de animais de fazenda (como bois, porcos e galinhas) e o cuidado com espécies em extinção. Além disso, o país proíbe qualquer tipo de crueldade contra animais. Quem for flagrado judiando de bichos é processado.

Há alguns anos, o Brasil alcançou uma conquista que entrou para a história: a legislação proibiu a Farra do Boi, que era um tipo de “festa” na qual os bois eram torturados. Apesar dessa conquista, nosso país ainda tem um longo caminho pela frente para avançar no trato e proteção aos animais.

Quando vemos tantos cães vadios vagando pelas ruas, muitas vezes doentes e sujeitos a serem atropelados, temos certeza disso.
 



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

Veja mais Clubinho

CLIMA EM FRANCA

26°
15°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena: 2277
    Sorteio: 10, 22, 23, 37, 53, 60 Data: 08/07/2020
  • Quina: 5309
    Sorteio: 06, 12, 22, 54, 77 Data: 09/07/2020