21 de janeiro de 2020

Opinião

A fé e os milagres

Começando nova semana e celebrando o dia do Senhor, a Palavra de Deus nos fala sobre o dom da Fé.

Opinião 05/10/2019 -
Começando nova semana e celebrando o dia do Senhor, a Palavra de Deus nos fala sobre o dom da Fé. Que a graça do Senhor nos ensina a firmeza da nossa confiança em Deus.

Primeira Leitura: Habacuc 1: Habacuc vive aproximadamente 600 anos antes de Cristo. O poder político está nas mãos de Joaquim, um rei que gosta do luxo, das festas, dos grandes palácios, mas que não tem competência para governar. A situação, portanto, é muito difícil. O povo, desesperado, dirige-se ao profeta Habacuc e lhe diz: consulta por nós o Senhor. Queremos saber o que devemos fazer porque assim como está não conseguimos levar adiante a nossa vida.

A segunda parte da leitura contém as palavras do Senhor.

Faz uma promessa: a curto prazo não acontecerá nada; não haverá mudanças imediatas. Deverá se passar um certo tempo antes que chegue a libertação. Mas o povo não deverá desanimar. Ele intervirá no momento oportuno. Então, aquele que tiver se mantido fiel à sua lei verá o ímpio sucumbir e o justo triunfar.

A resposta de Deus é sempre a mesma: “Continua acreditando!” Não abandone o caminho da justiça, não te deixes iludir pelas lisonjas dos ímpios, não sigas os seus caminhos!

Segunda leitura: IIª Carta a Timóteo 1: A Segunda Carta a Timóteo é endereçada sobretudo, àqueles que, na comunidade cristã, exercem o ministério da presidência. O autor começa recomendando a Timóteo a “reavivar a chama do dom de Deus que recebeste pela imposição das minhas mãos. O ministério que lhe foi conferido exige dele energia, não fraqueza, coragem para testemunhar a verdade, não timidez.

Evangelho: Lucas 17: A fé do cristão envolve uma escolha concreta: a de seguir o Mestre. A caminhada pode ser mais ou menos rápida e num certo ponto pode até ser interrompida; alguém pode ficar cansado e parar; acredita no Mestre, mas ainda não confia plenamente nele; não tem a coragem de tomar certas decisões, não sente animado a abandonar certos hábitos, a renunciar a determinadas coisas, a assumir atitudes até dolorosas. Aí está uma fé ainda fraca, que precisa de reforço! Os apóstolos pedem ao Senhor que lhes conceda mais firmeza na decisão de segui-lo. Quando se fala do que é que caracteriza um cristão, alguns destacam a fé, outros salientam a caridade, mas poucos se lembram de que ele é a pessoa da esperança, é aquele que tem a certeza de que os reino de Deus virá. Quem duvida que a fé conseguirá remover todas as montanhas e desarraigar todos os sicômoros não é cristãos.


Monsenhor José Geraldo Segantin
Pároco da Igreja de Santo Antônio e vigário geral da Diocese -segantin@comerciodafranca.com.br 


COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

Veja mais José Geraldo Segantin

CLIMA EM FRANCA

28°
19°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: Data:
  • Quina:
    Sorteio: Data: