28 de maio de 2020

Opinião

O valor da fé

Hoje é domingo e a Palavra de Deus nos ajuda a pensar como é importante crer em qualquer situação da vida.

Opinião 19/10/2019 -
Hoje é domingo e a Palavra de Deus nos ajuda a pensar como é importante crer em qualquer situação da vida.

 

Primeira Leitura: Exodo 17

Os amalecitas eram uma tribo de nômades violentos que viviam nas regiões desoladas do deserto do Sinai.

Diz o texto que Moisés deu ordens a Josué para atacá-los, enquanto ele, junto a Aarão e Hur, subiria à montanha para invocar a ajuda de Deus.

Aconteceu então que, enquanto Moisés estava com as mãos erguidas em oração, Josué vencia, mas logo que, vencido pelo cansaço, as deixava cair, os amalecitas levavam a melhor.

O que nos ensina esta narrativa? Nos ensina que, para atingir objetivos superiores às nossas forças, precisamos orar sem cessar!

 

Segunda Leitura: IIª Carta a Timóteo 3.

Que princípios devemos inculcar no coração dos nossos filhos? O que ensinar-lhes?

Paulo nos indica o rumo no trecho da carta de hoje: a Sagrada Escritura. Esta é inspirada por Deus e útil para ensinar, para repreender, para corrigir e para formar na justiça. Por ela, o homem de Deus se torna perfeito, capacitado para toda boa obra.

 

Evangelho: Lucas 18.

No Evangelho de hoje, Jesus responde as perguntas com uma parábola: havia uma pobre viúva que não conseguia livrar-se das opressões de um homem malvado. Ela insistia e se queixava, mas o juiz, que não temia Deus e nem aos homens, não lhe dava ouvidos.

A parábola continua: durante um certo tempo o juiz iníquo não quis atender aos insistentes pedidos da viúva, mas depois, cansado de ser importunado, um dia decidiu resolver o seu caso. Com a sua insistência, a mulher obteve o que queria: conseguiu dobrar o seu coração.

A conclusão: se o juiz malvado acabou por atender os insistentes pedidos da viúva, Deus não fará justiça aos seus eleitos que de dia e de noite a ele clamam, ainda que os faça esperar muito? Digo-vos que em breve lhes fará justiça!

Lucas nos diz que Jesus narrou a parábola para ensinar aos seus discípulos que é preciso rezar sempre, sem cessar. A oração é o grande meio para não perder a fé, mesmo nos momentos mais difíceis e dramáticos, quando tudo parece conjurar contra nós e contra o reino de Deus.

 

Monsenhor José Geraldo Segantin
Pároco da Igreja de Santo Antônio e vigário geral da Diocese -segantin@comerciodafranca.com.br 
 



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

Veja mais José Geraldo Segantin

CLIMA EM FRANCA

24°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: Data:
  • Quina:
    Sorteio: Data: