21 de novembro de 2019

Nossas Letras

Aquela capa

Minha mãe e eu estávamos debaixo da árvore grande no quintal da vó Maria. Mamãe sentada no balanço - feito por meu pai

Nossas Letras 02/11/2019 - Repórter: Dione Castro

De tempos em tempos viajávamos para casa de minha avó materna. Como toda tardezinha qualquer na “beira do rio” do Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, próximo a sua casa de pau a pique, momento em que a claridade era através de lamparina ou lampião, todos sentavam-se em círculo para prosear, contar causo de confusão, de caça



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

Veja mais Textos

CLIMA EM FRANCA

27°
18°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: Data:
  • Quina:
    Sorteio: Data: