28 de maio de 2020

Opinião

A vida cristã e o sofrimento?

Há muitas coisas que nós não entendemos até chegarmos ao céu. Dentre essas questões sem resposta, com as quais temos

Opinião 08/02/2020 -
“Feliz é aquele que nas aflições continua fiel! Porque, depois de sair aprovado dessas aflições, receberá como prêmio à vida que Deus promete aos que o amam”.
Tiago 1.12

Há muitas coisas que nós não entendemos até chegarmos ao céu. Dentre essas questões sem resposta, com as quais temos que coexistir, está à questão do sofrimento. Em nosso ministério pastoral, por vezes nos vemos diante de algumas situações que não conseguimos uma resposta coerente que venha explicar o sofrimento de algumas pessoas. A bem da verdade deve-se dizer que os sofrimentos de muita gente, são frutos de atitudes erradas e totalmente divorciadas da vontade de Deus.

Nestas situações, a lei da semeadura é a melhor resposta. Mas, o que dizer para uma pessoa que sempre procurou fazer o bem, que pautou sua vida dentro da verdade, e com muita devoção procurou dar sempre um autêntico testemunho de seguidor de Cristo e que de uma hora para outra, vê seu mundo desmoronar diante dos mais variados problemas? São nestes casos que nos tornamos incapazes de uma resposta convincente, aqueles que estão sendo provados.

A bem da verdade, percebemos que as adversidades nos levam para mais perto do Senhor. Quando lemos o texto destacado acima, somos imediatamente conduzidos a verificar essa grande verdade. Jesus não nos prometeu apenas bonança. Pelo contrário, Ele mostra com a sua própria vida, que o sofrimento faz parte do pacote da salvação. “Tenho-vos dito isso, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo”. (João 16.33).

Então, o que podemos dizer é que o sofrimento potencializa os ouvidos da nossa alma para ouvir a voz de Deus. Mas não só isso, algumas lições podem ser tiradas do tempo de adversidade As adversidades não nos destroem, elas apenas nos levam para mais perto do Senhor.

Foi na fornalha de fogo ardente que aqueles três jovens puderam usufruir o modo mais tangível da doce presença de Deus. As únicas coisas que as chamas das adversidades conseguem destruir em nós são as cordas que nos amarram para sermos livres e desfrutarmos da benção do Senhor. A verdade é que, sendo ou não cristãos, todas as pessoas sofrem. Então, prefiro sofrer do lado certo, do lado de Deus.

Deus vos abençoe.
 



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

Veja mais Pastor Isaac Ribeiro

CLIMA EM FRANCA

24°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: Data:
  • Quina:
    Sorteio: Data: