07 de abril de 2020

Franca

DEPOIMENTO

Transexual que foi agredida presta depoimento na DIG

Segundo a vítima, um dos agressores disse que buscaria uma arma para matá-la. Para ela, eles só iniciaram a agressão por ela ser transexual.

Franca 06/03/2020 - Repórter: Kaique Castro, especial para o GCN
Foto de: Reprodução
A Polícia Civil investiga o caso e as imagens das agressões deverão ajudar nas investigações
A transexual Eva Alves Maria, de 19 anos, que foi agredida por cerca de quatro homens no último domingo, 1, prestou depoimento na sede da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Franca, na manhã da quinta-feira, 5.

De acordo com a jovem, ela tinha ido com um grupo de amigos em uma festa na região da Estação. Logo após a festa acabar o grupo resolveu ir conversar no coreto da praça Sabino Loureiro. “Estávamos conversando quando se iniciou uma discussão entre uns rapazes e umas meninas. Um dos rapazes colocou o dedo na cara de uma das meninas, então fomos até ele para falar que aquilo não estava certo. Então começamos a discutir e ele começou a me chamar de viado. Nesse momento a discussão começou a ficar mais encalorada e eles decidiram ir embora”.Segundo Eva, após essa discussão, os jovens foram embora, mas algum tempo depois retornaram de carro, armados com pedaços de madeira. “Não foi possível ver se eles estavam de carro ou a pé. Só voltaram com os pedaços de madeira na mão. Eu fiquei com medo, porque sabia que eles queriam me agredir. Então um deles veio e foi para dar com o pedaço de madeira na minha cabeça. Eu coloquei o braço para me defender, foi ai que meu braço quebrou. Consegui derrubá-lo no chão e começamos a brigar”

As cenas de violência foram filmadas e mostraram o momento em que a foi agredida a pauladas e pontapés. A pessoa que estava filmando dava risada da situação.

Ainda segundo a vítima, um dos agressores disse que buscaria uma arma para matá-la. Para ela, eles só iniciaram a agressão por ela ser transexual.

Depois das agressões, Eva foi levada até um hospital para passar por atendimento. A jovem teve um braço quebrado e precisou dar alguns pontos na cabeça devido a uma paulada.

A Polícia Civil investiga o caso e as imagens das agressões deverão ajudar nas investigações.
 



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • Fabricio
    06/03/2020 1 Curtiu
    BEM VINDOS A GERAÇÃO BOLSONADA ! HOMENS DE FAMILIA, HOMENS DE BEM, PATRIOTAS, ENVIADOS POR JESUS PARA ESPANCAR PESSOAS DIFERENTES NAS RUAS. LIXO HUMANO IGUAL AO SEU MITO PRESIDENTE. LIXO. LIXO. SOMENTE ISSO... L I X O !!!
    • maria
      08/03/2020
      por um acaso isso não acontecia antes? desconheço essa infotmação
  • Darsio Batista
    06/03/2020 1 Curtiu
    Mas, por que esses vagabundos fascistas e neonazistas não estão estão presos? Certamente, nada lhes acontecerá, haja vista que até mesmo esse tosco que lamentavelmente nos (des)governa não se cansa de agredir a comunidade LGBT. Não demorará para aparecer um terraplanista da bozolândia para defender esse tosco.
Veja mais Polícia

CLIMA EM FRANCA

29°
19°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: Data:
  • Quina:
    Sorteio: Data: