02 de junho de 2020

Opinião

O coronavírus!

Caros(as) leitores(as) nos desculpem, pois apesar de estar “massacrante”, não há como deixar de tecer comentários à respeito da pandemia Cov

Opinião 22/03/2020 -
Caros(as) leitores(as) nos desculpem, pois apesar de estar “massacrante”, não há como deixar de tecer comentários à respeito da pandemia Covid-19.

Quando militar, aprendemos que em alguns casos temos que ir atrás do inimigo e não ficar aguardando que ele apareça para somente aí tentarmos combatê-lo. Obviamente que como administrativistas que somos, sabemos das dificuldades em se combater um vírus que se propaga com facilidade e rapidez. Porém, em nossa humilde opinião, acreditamos que o Estado (União, Estados-membros, Distrito Federal e Municípios) não deveria ficar aguardando e agindo somente quando as pessoas infectadas sentirem os sintomas e procurar ajuda nas redes de saúde pública ou privada. O Estado deveria se antecipar, colocando em locais públicos de aglomeração de pessoas, como terminais rodoviários, praças, bom prato, repartições públicas etc., e obrigasse que no acesso de empresas como: bancos, supermercados, shoppings, lojas, restaurantes etc., tivessem pelo menos uma equipe com termômetro digital, para detectar febre em pessoas que por ali circulam, pois já seria uma forma de excluir do grupo de cidadãos aqueles potenciais portadores do vírus. E isso não é muito difícil, pois as empresas já possuem, em sua maioria, enfermaria junto aos Recursos Humanos e no serviço público bastaria profissionais de saúde, ou estagiários conveniados aos cursos de enfermagem e medicina juntamente com o apoio de segurança que poderia ser da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, da Guarda Civil ou do Tiro de Guerra.

Quando comentamos tal medida, algumas pessoas nos disseram que ficaria caro! Ora, caro para um sistema bancário que tem lucratividade astronômica? Deveriam, os bancos, ao menos disponibilizar álcool gel próximo aos seus terminais de atendimento, que são manipulados diariamente por milhões de pessoas. Caro para um shopping que perde seus clientes receosos da contaminação?

Sabemos que é medida apenas para tentar reduzir o número de pessoas circulando e que podem ter algum sintoma da Covid-19 e na iniciativa privada passar aos seus clientes a segurança de que os cidadãos que estão com algum pequeno sintoma já foram orientados.

A propósito, a comunidade internacional, para provar que é séria, tem que penalizar o governo Chinês economicamente e criminalmente, em razão de ter omitido a informação do que estava ocorrendo em seu territóriow. Ato de irresponsabilidade que deve ser exemplarmente punido.


Toninho Menezes
Advogado e Professor Universitário
toninhomenezes16@gmail.com


COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • Darsio Batista
    28/03/2020 1 Curtiu
    Tal proposta ajuda, mas não resolve. Afinal, como muitos médicos dizem, existem pessoas contaminadas que não apresentam nenhum sintoma, dentre os quais a febre. O correto é as pessoas ter bons hábitos de higiene e evitar frequentar lugares cheios e até mesmo de ir a postos de saúde ou hospitais por conta de qulaquer coisa, como por exemplo uma unha encravada ou atrás de um atestado.
  • Carlos
    28/03/2020 1 Curtiu
    Na Itália e Espanha tem caminhões diários com 500 mortos saindo dos confinamentos, dos isolamentos, dos campos de concentração. Muitos incubados, assintomáticos estão nos isolamentos transmitindo os vírus e matando idosos, e pessoas dos grupos de risco. Japão, Holanda tem isolamentos vertical , seletivo, só para idosos e grupos de risco, de alta letalidade, os demais tomam os cuidados para não se contaminarem trabalhando comércio e indústria, pois a recessão também mata, a RECESSÃO TB É QUESTÃO DE SAÚDE PÚBLICA, significa falência, na Venezuela está matando de fome, de miséria, crianças comendo lixo, onda de suicídios, etc. Isolamento radical retarda a criação de anticorpos contra a pandemia e causa mortes. O bloqueio deve ser biológico e não social, “isolar idosos e imunocomprometidos” e deixar que o restante da população trabalhe. idosos tem mais morbidades, contraem mais vírus nos hospitais e isolamentos e colocam a culpa no corona. COLOQUEM PLACAS NAS PORTAS DE LOJAS E INDUSTRIAS: PROIBIDO ENTRAR QUEM ESTIVER COM TOSSE SECA, FEBRE DE 37.8, DOR DE GARGANTA, PROBLEMA RESPIRATÓRIO, FADIGA, DORES, DIARREIA, ETC. Deixem os outros trabalharem. https://www.youtube.com/watch?v=2TL7cOsVbZo – Osnar Terra, isolamento radical é bobagem
  • Francisco Matos
    29/03/2020 3 Curtiram
    Inacreditável a omissão do texto sobre a quarentona e o crime que pratica o atual presidente diariamente tentando até mesmo fazer as crianças voltarem às escolas. Estaria o autor do texto no imbecil buzinando?
  • Rosa Santa Batista - Japão
    31/03/2020 3 Curtiram
    Como assim, responsabilizar somente a China pelo vírus? A China acusa os EUA de te-lo recebido do Exército Americano. Assim que apareceu a primeiro caso de contaminação, os chineses avisaram os americanos no dia 03 de janeiro e Só em 15 de janeiro foi divulgado. Aqui no Japão o controle começou cedo, foram tomadas todas as precauções para evitar a contaminação e a disseminação e por isso os resultados são satisfatórios. O governo americano além de irresponsável e omisso, fica criando teorias da conspiração, culpando só a China pela epidemia. Há uma guerra econômica entre eles e o mundo inteiro está pagando o pato.
  • Carlos
    08/04/2020
    Os ônibus querem andar só com super lotação para maximizar os lucros, com pessoas segurando nos ganchos e espirrando vírus nas estão sentadas, todo mundo sabe que as gotículas de um espirro se distancia em até 8 metros. Prefeito deve decretar que catracas ode ônibus só aceite até 44 pessoas sentadas e que não falte ônibus circulando, deve dobrar o nº dos ônibus que circula para atender a todos, inclusive um funcionário encarregado de ir passando álcool gel onde as pessoas se seguram para entrar e descer . Sacríficio tem que ser das empresas São Jose também são medidas e obrigações de guerra, tem até empresas sendo onrigadas a fabricar coisas que não é da sua produção normal. Outras cidades já exigem isto. CDC exige serviços seguros, logo deviam até oferecer máscaras também aos passageiros. CDC Código de defesa dos consumidores Art. 22. Os órgãos públicos, por si ou suas empresas, concessionárias, permissionárias ou sob qualquer outra forma de empreendimento, são obrigados a fornecer serviços adequados, eficientes, seguros e, quanto aos essenciais, contínuos.
Veja mais Toninho Menezes

CLIMA EM FRANCA

26°
17°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: Data:
  • Quina:
    Sorteio: Data: