02 de abril de 2020

Franca

CORONAVÍRUS

Atendimento aos moradores de rua é transferido para o parque 'Fernando Costa'

O Centro Pop, que recebe cerca de 80 pessoas por dia, transferiu o atendimento para o Parque de Exposições.

Franca 25/03/2020 - Repórter: N. Fradique
Foto de: Comércio da Franca
Os moradores em situação de rua de Franca estão sendo atendidos no Parque ‘Fernando Costa’. O Centro Pop, que recebe cerca de 80 pessoas por dia, transferiu o atendimento para o Parque de Exposições para evitar aglomerações como determina o decreto da prefeitura de Franca para conter o risco de contágio do Coronavírus.

“O Parque Fernando Costa tem toda a estrutura devido seu próprio espaço. O local está fechado para a população sendo utilizado exclusivamente para esses atendimentos. Lá tem toda estrutura, com banheiros, restaurante e as pessoas podem se espalhar porque o espaço é amplo. Assim o pessoal pode ficar à vontade”, explicou Eliete Neves, Secretária de Ação Social de Franca.

O moradores de rua recebem café da manhã e almoço em sistema de marmitex.

Os atendimentos na Casa de Passagem e Abrigo Provisório também estão suspensos. “Novos acolhimentos estão suspensos, mas quem está acolhido permanece sendo atendido, mas não podem circular na cidade. Se algum sair a gente não pode deixar retornar sem um motivo justificável”, disse Eliete.

CHAMPAGNAT

A Secretaria de Ação Social disse que não está havendo atendimentos às pessoas em situação de rua no ginásio Champagnat, como chegou a ser projetado. “Nós não removemos nenhum morador de rua para o Champagnat. Íamos organizar um espaço para aqueles que tinham a intenção de ficar em isolamento social, mas não tivemos a adesão, porque eles têm a rotina de não ficar presos o tempo todo. Mas caso eles resolvam ficar em isolamento social juntos, vamos pensar em um lugar para isso”.

Franca conta atualmente com cerca de 300 moradores em situação de rua, mas nenhum caso suspeito de Coronavírus foi registrado até agora na cidade. “No Centro Pop passam pelo menos 200 pessoas por mês, mas não com assiduidade, o que dá uma média de 80 pessoas dia. Nos atendimentos com parceria (Casa de Passagem e Abrigo Provisório”, são 88 vagas no total, somando um total de trezentos atendimentos. Mas há moradores em bairros da cidade que não acessam nossos serviços, ficando próximos suas casas”, finalizou Eliete.



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • Carlos
    26/03/2020
    A expoagro é grande, quase uma fazenda, dá para os moradores de rua plantarem mandioca, cultivar hortas, criar galinheiros, vender frango assado por delivery in door, drive-thru, frutas como limão e jaboticabas, etc., (hortifrutigranjeiros,e chiqueiros para fazer linguiças, para vender, produção de mel, vender os produtos , ser auto sustentáveis, e sustentar ouras entidades, pode abrigar até outros tipos como menores infratores, SPA, pessoas ameaçadas que precisam ser isolados por risco de morte, escola técnica agrícola, casa de oração, culinária, corte e costura, curso de cabeleireiro, artesanatos com reciclados, fabricação de cintos, carteiras, bolsas, chapéus, luvas, serviço de lavagem de tapetes caseiros, Pet shop, outras prestações de serviços, etc.
Veja mais Local

CLIMA EM FRANCA

30°
20°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: Data:
  • Quina:
    Sorteio: Data: