30 de março de 2020

Imagem do dia

DECRETO COMPLETA UMA SEMANA

'Estamos trabalhando para que não tenhamos nenhuma morte', diz médico da Vigilância Epidemiológica

Homero Rosa Júnior, diz que a doença ainda não atingiu o pico e as medidas precisam ser mantidas, principalmente o isolamento social.

Imagem do dia 4 dias atrás - Repórter: N. Fradique
Foto de: Comércio da Franca
Homero Rosa Júnior, diz que a doença ainda não atingiu o pico e as medidas precisam ser mantidas, principalmente o isolamento social.
Franca completa nesta quinta-feira, 26, uma semana do decreto do prefeito Gilson de Souza (DEM), com as medidas restritivas para conter o contágio do COVID-19. 
 
O Comitê de Enfrentamento do Coronavírus, criado para tomar as medidas necessárias contra o vírus, tanto na parte clínica e técnica ligadas à área de saúde, quanto na fiscalização das normas contidas no decreto, faz um balanço que pode ser considerado positivo até agora na cidade.
 
O médico responsável pela Vigilância Epidemiológica do Município, Homero Rosa Júnior, diz que a doença ainda não atingiu o pico e as medidas precisam ser mantidas, principalmente o isolamento social. “O isolamento social faz parte das estratégias epidemiológicas para conter o avanço de um vírus que não tem tratamento ainda, não tem vacina para a prevenção. Então nós precisamos de estratégias de inteligência que deram certo ou errado de acordo com o que cada país fez. Estamos aprendendo com os acertos dos outros países, que mostraram que o melhor é justamente a contenção das pessoas que não circulem. Nesse momento ainda é necessário essa restrição pra que a gente consiga ter segurança e que Franca tenha a minimização desses danos da epidemia. Estamos trabalhando para que não haja nenhuma morte. Isso é nosso trabalho diário”, disse Homero.
 
Até o último boletim divulgado pela Prefeitura, nesta quarta-feira, 25, Franca apresentou 24 suspeitas do COVID-19, 6 casos negativos e 33 foram descartados. O próximo boletim da Secretaria da Saúde será divulgado no final da tarde desta quinta. “A gente sabe que as mortes são mais prováveis nos grupos de vulneráveis que são aqueles de pessoas de mais de 60 anos ou que tenham algum problema de imunidade”, completou o médico.
 
O chefe de Gabinete do Prefeito e responsável pelo Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus, José Conrado Netto, acredita que a população está fazendo sua parte nessa primeira fase do decreto. “Nosso balanço é positivo. A população e os comerciantes estão colaborando, entendendo que o momento é de ficar em casa”, disse Netto, lembrando que nos primeiros dias do decreto alguns comerciantes insistiam em não aderir às normas da prefeitura sendo autuados e interditados. “Primeiramente estamos orientando, mas os que não cumprirem o decreto serão multados, como já ocorreu, e responderão por processo administrativo sanitário”.
 
O responsável pela Vigilância Sanitária, Felipe Granzotti, acompanha o pensamento de Netto. “A Vigilância Sanitária está com cinco equipes nas ruas em três períodos para atender as solicitações dos munícipes, da Guarda Civil e da Polícia Militar. Primeiramente estamos orientando essas pessoas que insistem em abrir seus comércios, mas se alguém burlar as regras do decreto esses locais vão ser interditados e sofrer as consequências. Nosso trabalho é fazer cumprir o decreto”. 
 
O decreto do prefeito sobre o COVID-19 foi publicado no último dia 19 primeiramente para um prazo de sete dias, mas foi estendido até o próximo dia 7 de abril. “Governar hoje é uma missão e a gente se prepara para enfrentar os desafios. Estamos recebendo o amparo de toda a sociedade o que é muito importante. Essa decisão é para o bem de todos”, disse Gilson de Souza.


COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • Cleber
    4 dias atrás
    Qual será o decreto do prefeito depois de passado o possível surto do Covis-19? Vamos precisar de um ou transferir o problema para outro. Estão trabalhando para não termos nenhuma morte, mas ontem tivemos uma morte por H1N1. Fujamos de um inimigo que nem sei onde esta, e destruíremos o essencial a preservação da vida.
  • Tiago
    4 dias atrás
    Meu caro! o que menos estamos é trabalhando
  • Wilson Silva
    4 dias atrás
    Tinha que isolar era esse lunático desse prefeito.
Veja mais Imagem do dia

CLIMA EM FRANCA

28°
18°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: Data:
  • Quina:
    Sorteio: Data: