01 de junho de 2020

Franca

NÚMEROS

Com quarentena antecipada, Franca tem menos Covid-19 entre as 40 maiores de SP

Cidade começou quarentena 4 dias antes do restante do Estado e, uma semana depois, é o município com menos casos do novo coronavírus

Franca 28/03/2020 - Repórter: da Redação
Foto de: Divulgação
Franca aparece em situação privilegiada entre os municípios do Estado de São Paulo em relação à pandemia do novo coronavírus. Entre as 40 maiores cidades paulistas, Franca é a que registra menos casos do Covid-19, somando suspeitos e confirmados. Aqui, eram 28 pacientes acompanhados, sendo um testado positivo para a doença e outros 27 aguardando resultado de exames, até a última sexta-feira, 27.As autoridades em Saúde não têm dúvida: a quarentena antecipada colaborou para Franca barrar a proliferação exacerbada do vírus.

Com seus 353 mil habitantes, Franca é a 21ª maior cidade de São Paulo e, segundo boletins divulgados até sexta, pelas Secretarias Municipais de Saúde dos 40 maiores municípios do Estado, a cidade era a última deste grupo em casos de coronavírus, quando considerando a soma de suspeitos e confirmados.

Apenas Limeira (33 casos suspeitos e 306 mil habitantes) e Araraquara (31 casos suspeitos e 236 mil habitantes) se aproximam de Franca. Presidente Prudente, por exemplo, é a 40ª maior cidade do Estado, com 228,7 mil habitantes, e na sexta-feira tinha 136 casos suspeitos. Nenhum desses três municípios havia confirmado casos do coronavírus até o dia 27.

Na região, Ribeirão Preto, com 703 mil habitantes, confirmou 31 casos da doença até sexta. E cidades bem menores, como Jaboticabal e Bebedouro, têm mais casos confirmados que Franca (são sete e duas confirmações, respectivamente). Parte dos casos das três cidades, assim como o francano, aguardam a contraprova do Instituto Adolfo Lutz.

Questionado se a situação em Franca, relativamente tranquila em relação aos demais municípios paulistas, é consequência do fato de a cidade ter começado a quarentena na sexta-feira, 20, quatro dias antes do restante do Estado, que iniciou na terça-feira, 24, o chefe de Gabinete, José Conrado Netto, disse ter convicção que sim.

“O prefeito (Gilson de Souza, DEM) tomou uma decisão muito difícil, mas ao mesmo tempo muito técnica. Nós só conseguimos evitar a disseminação, transmissão (do coronavírus) se ficarmos em casa”, disse ele, que comanda o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus.

O presidente da Unimed Franca, Daniel Haber, também acredita que este período de isolamento social é “fundamental” para diminuir a disseminação do vírus. “Nunca saberemos se a quarentena foi o principal fator, mas creio que alinhada com as orientações de higiene, foi muito benéfica para a saúde da nossa comunidade”.

Primeiro positivo

Franca registrou o primeiro caso confirmado de coronavírus na última sexta-feira, 27. Trata-se de uma jovem mulher que apresentou sintomas do Covid-19, fez exames na rede particular da cidade, testou positivo, não apresenta sintomas graves e está em isolamento domiciliar em Franca. O caso gerou dúvidas, porque a paciente é de uma cidade próxima da região que esteve em São Paulo, mas está em quarentena em Franca.

A Prefeitura explicou que como o paciente está em Franca, o caso é tratado como sendo da cidade. “Ele está com vírus no organismo e pode, inclusive, transmitir para as pessoas aqui. É um caso importado em Franca.” Até sexta, a cidade tinha 7 casos negativos e 34 descartados.


Clique na imagem para ampliar

 

Vacinação contra gripe volta nesta segunda

A Prefeitura de Franca informou nesse sábado que a vacinação da gripe será retomada nesta segunda-feira. O público-alvo nesta etapa são os idosos e profissionais da saúde

Em quatro dias da semana passada, 15,6 mil pessoas foram imunizadas em Franca. Dessas, 14.469 eram idosos e 1.197 profissionais da saúde.

O drive thru montado no Poliesportivo e os postos nas escolas funcionarão das 8 às 12 horas. 

As escolas que funcionam como postos de vacinação são Escola Municipal “José Mario Faleiros”; Escola Estadual “Professora Carmem Nogueira Nicácio”; Escola Municipal “Frei Germano de Annecy”; Escola Estadual “Suzana Ribeiro Sandoval”; Escola Estadual “Professor Michel Haber”; Escola Estadual “Evaristo Fabricio”; Escola Estadual “Ângelo Scarabucci”; Escola Estadual “Professora Suely Machado da Silva”; Escola Estadual “Barão da Franca”; Escola Estadual “Sudário Ferreira”; Escola Municipal “Ana Rosa de Lima”; Escola Estadual “Professor Hélio Palermo”; e Escola Estadual “Professor Odette Bueno Ribeiro”.

Missas continuam pela internet

As igrejas seguem obrigadas a permanecer fechados. O presidente Jair Bolsonaro chegou a tentar garantir a reabertura dos templos, mas sua decisão foi suspensa pela Justiça. As celebrações são transmitidas pela internet. 

Nas igrejas da Diocese de Franca, as missas continuam sem a presença dos fiéis. Somente participam os ministros que servem ao altar: salmistas, leitores, acólitos e diáconos.

“Quando houver nova determinação das autoridades do governo e da área da saúde, reabriremos as portas de nossas Igrejas, com a participação de todos. Estamos em comunhão e unidade com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB”, disse o padre Wallace Aguiar.


 



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • Alexandre Diniz
    29/03/2020 2 Curtiram
    A coisa dando certo, vidas sendo salva, e os empresários querendo matar os francanos.
  • Leila Márcia Soares Damasceno
    29/03/2020 3 Curtiram
    Tbm há um povo que clama a Deus incessantemente
  • iraci
    29/03/2020 2 Curtiram
    graças a Deus, que nossa querid aFranca, esta fazendo o que as autirizades civid e medicas, estão alertando! Ta difícil, ficarmos parados, ta,mas o mais importante no momento e a saúde domundo ninteiro, vamos nos unir, fazer o que as autoridades estão pedidno,p/o bem de todos, Deus e seu fui]ilho Jesus,Maria Santíssima,Sao Jose, não vao nos deixar sem auxiloio, estamos sob suas proteções, nada vai nos falar, tudo vem a a seu tempo, o importante agora e a união,.
  • Laercio
    29/03/2020
    É mas cadê os resultados dos exames feitos? Só fazem em quem chegou em estado grave,e a maioria vai ter e nem ficar sabendo né
  • Marlene.
    29/03/2020 1 Curtiu
    Deus nos proteja! É muito triste tudo isso...é muito desesperador pensar na família ainda mais quando se tem filha que vai enfrentar essa doença na linha de frente dentro de um hospital....só mesmo a confiança em Deus vai amenizar essa ansiedade...fiquem em casa por favor!....
  • Atila
    30/03/2020
    O estranho é que todos os casos suspeitos são de apenas um hospital particular, não teve nem suspeito na Santa Casa, no Janjão, no antigo Regional, e apenas a Unimed está fazendo todo esse alarde, fechando rua, será que é isso tudo mesmo? Ou existem interesses por conta dessa desgraça.
Veja mais Local

CLIMA EM FRANCA

25°
15°

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: Data:
  • Quina:
    Sorteio: Data: